Cidadeverde.com
Geral

Agentes penitenciários deflagram greve por tempo indeterminado

Imprimir
Os agentes penitenciários do Piauí deflagraram greve por tempo indeterminado em assembleia realizada nesta terça-feira (23) em Teresina. A categoria reivindica reajuste salarial de 60% parcelados em três anos, melhorias das condições de trabalho, incorporações de gratificações, retomada de obras de reformas e construções de novos presídios, além de novos coletes e armas.

A greve começa na próxima terça (30). "Precisamos cumprir as determinações legais de informar aos órgãos competentes e à população. Por isso a greve começa na próxima terça e não tem data para terminar", explica Vilobaldo Carvalho, presidente do Sinpoljuspi.


Já no primeiro dia de movimento acontecerá uma assembleia. Os agentes estarão reunidos em frente a Casa de Custódia. "Caso o governo apresente proposta estaremos lá para discutir e colocar em votação", afirma o presidente. 

Ainda de acordo com Vilobaldo, a greve foi deflagrada em decorrência da falta de acordo com o governo, que chegou a apresentar proposta, mas não oficializou. "Estamos há muito tempo esperando uma resposta e até agora nada foi oficializado pelo governo. Por isso, se houver uma mudança e uma proposta for apresentada, estaremos lá para votar", declara.

Durante a greve, devem ser mantidos apenas alguns serviços. Estarão suspensas as visitas, remoção e recebimentos de presos.

Leilane Nunes
leilanenunes@cidadeverde.com
Imprimir