Cidadeverde.com
Economia

Setre firma parceria com prefeitura pra ofertar qualificação profissional

Imprimir
A secretária de Estado do Trabalho e Empreendorismo, profª Larissa Maia, recebeu em seu gabinete a secretária municipal do Trabalho e Ação Social de Jardim do Mulato, Karla Gomes. A reunião foi para firmar parcerias no âmbito da qualificação profissional e social. O município deve receber ainda em fevereiro a unidade itinerante do Programa Qualifica Piauí, que irá ofertar cursos nas áreas de Embelezamento e Corte/Costura. 


O Programa do Governo do Piauí, desenvolvido pela Secretaria Estadual do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), vem levando capacitação a jovens em todo o Estado. Em menos de ano, já foram atendidas, aproximadamente, 2.500 pessoas. Equipados com uma estrutura inovadora, os caminhões permitem a realização de aulas teóricas e práticas com alto nível de qualidade. Karla Gomes contou que as inscrições superaram as expectativas. 

“Quando nós começamos divulgar os cursos, logo a procura começou. Essa oportunidade de qualificação já era esperada pelo povo da nossa cidade e agora, com essa parceria com a Setre, vamos poder oferecer preparo para a população poder gerar sua própria renda”, destaca a secretária de Jardim do Mulato. 

Além dos cursos de Embelezamento e Corte/Costura, o Qualifica Piauí também oferece capacitação na área da Construção Civil. Sabendo disso, Karla Gomes também revelou a vontade de levar essa qualificação para o município. “Nós queremos manter essa relação estreita com a Setre, pois o nosso povo precisa de iniciativas exitosas como o Qualifica”, concluiu. 

As unidades móveis ficam instaladas por um mês no município, período de duração dos cursos, e depois partem rumo a outras cidades para atender a demanda por qualificação profissional. De acordo com a secretária Larissa Maia, o Qualifica Piauí tem sido um marco na história da capacitação e preparo para o mercado de trabalho. 

“Estamos vendo várias histórias de gente que participou dos cursos e hoje estão bem colocadas no mercado. Temos a Elane, de Luis Correia, que foi aluna do curso de Embelezamento e hoje é uma das professoras do Programa. Existe também a possibilidade de se desenvolver a atividade empreendedora. O aluno pode investir no próprio talento para gerar renda”, explica a secretária Estadual do Trabalho. 

Durante a reunião, as secretárias articularam ações para a execução do Programa. A Setre conta com uma equipe técnica disponível para orientar os municípios sobre todas as fases que compõem o processo de qualificação ofertado nas unidades móveis.

Da Redação
Imprimir