Cidadeverde.com
Esporte

Cristiano Ronaldo decide, e líder Real Madrid empata dérbi

Imprimir
Ele estava sumido até os 37 minutos do segundo tempo. Até então, o Atlético de Madri conseguia vencer de virada o Real no grande clássico da 26ª rodada do Campeonato Espanhol, neste domingo, no quente Vicente Calderón, o que igualava os dois rivais na liderança da competição.



Mas aí, Cristiano Ronaldo apareceu. Aproveitando um corte errado da defesa e um domínio errado de Gareth Bale, o português, da entrada da área, fuziliou Courtois para decretar o empate por 2 a 2, o que mantém a equipe merengue na primeira colocação isolada da liga, ainda com três pontos de vantagem para os colchoners (64 a 61). Caso vença o Granada, ainda hoje, o Barcelona pode subir para 63 pontos e se tornar o principal perseguidor dos comandados de Carlo Ancelotti.

O dérbi de Madri teve de tudo. Com apenas dois minutos, Benzema aproveitou cochilada da defesa do Atlético e, sozinho, completou cruzamento de Di María na pequena área para abrir o placar no Calderón.

A torcida colchonera, porém, deu um show à parte e empurrou seus jogadores. O empate poderia ter acontecido em pênalti de Sergio Ramos sobre Diego Costa, mas o árbitro Delgado Ferreiro não marcou.

O jogo ficou muito pegado, com faltas duras dos dois lados, discussões, cartões amarelos e um entrevero de Pepe com Godín dentro da área. Aos 28, marcador igualado: Arda Turán fintou Fabio Coentrão e assistiu Koke, que chutou cruzado para fazer.

Já no último lance da etapa inicial, em cobrança de falta, Gabi acertou um chute da intermediária e contou com certa colaboração de Diego López para virar em favor do Atlético. Delírio no Calderón na ida para o intervalo.

No segundo tempo, o Real não conseguia penetrar na defesa do Atlético, e Cristiano Ronaldo pouco pegava na bola. Os donos da casa apostavam nos contra-ataques, sempre com Diego Costa como referência, e ficou perto de ampliar com o hispano-brasileiro, mas um chute e um cabeceio foram para fora.

Ancelotti, então, tirou os dois laterais mais defensivos - Arbeloa e Coentrão - para colocar Carvajal e Marcelo, e foi pelo lado direito que o Real Madrid igualou: Carvajal recuperou a bola de Mario Suárez, cruzou para trás, Bale não dominou, e o camisa 7 deixou sua marca. 2 a 2, fim de dérbi.


Fonte: ESPN
Imprimir