Cidadeverde.com
Geral

Menor confessa que decepou jovem após briga por dinheiro e vingar suposto estupro a prima

Imprimir
  • cabeca6.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde
  • cabeca5.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde
  • cabeca4.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde
  • cabeca3.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde
  • cabeca2.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde
  • cabeca1.jpg Foto: Fabiano Silva/TV Cidade Verde

Atualizada às 12h18
O adolescente suspeito de ter decapitado e cortado o órgão genital de Felipe Santos Martins, 17 anos, confessou o ato em seu depoimento na manhã desta terça-feira (30) na Delegacia do Menor Infrator. O rapaz negou que a motivação tenha sido a divisão de um roubo e declarou que a vítima é que havia lhe roubado R$ 900,00. 

O chefe de investigação da Delegacia do Menor Infrator, Jorge Skeff, revelou ao Cidadeverde.com que o suspeito confessou ter decepado o órgão sexual da vítima porque ele teria tentado estuprar sua prima, de 17 anos, há uma semana. 

"Ele conta que estava dormindo e quando acordou sentiu falta de R$ 900,00 que tinha em casa. Foi atrás da vítima no matagal e o encontrou escondendo uma moto roubada. Os dois brigaram e o crime aconteceu", descreve o policial civil, acrescentando que, em seu depoimento, entretanto, o menor suspeito não informou onde estava a moto roubada.

O suspeito contou à polícia que os R$ 900 seriam fruto de seu trabalho em uma borracharia e que ele conhecia a vítima e os dois eram amigos.  

Segundo a polícia, Felipe tinha passagem por furto e o rapaz apreendido já havia sido indiciado por infração de lesão corporal.

Imagem de Felipe Martins que teve cabeça cortada por rival

 

Publicada às 10h33


A morte do adolescente Felipe Santos Martins, 17 anos, cujo corpo foi encontrado decapitado e sem os órgãos sexuais no residencial Francisca Trindade na manha de segunda (29), pode ter sido causada por um desentendimento na divisão de frutos de roubo, segundo informações da polícia civil. O chefe de investigação da Delegacia do Menor Infrator Jorge Skeff, informou que o suspeito do crime é um jovem também de 17 anos que fora apreendido ainda ontem pela manhã, encaminhado à Central de Flagrantes e em seguida ao Complexo da Cidadania. 

“A vítima havia saído há uma semana do Complexo e tinha passagem por roubo e furto. Temos a informação de que o motivo da morte teria sido uma briga pela divisão de um furto no valor de R$ 400. O suspeito negou tudo na Central”, informou Skeff. A Polícia Militar informou ainda que o suspeito foi encontrado próximo a uma casa onde estavam os objetos ensanguentados e apresentava cortes nas mãos

O suspeito da decapitação está detido no Complexo da Cidadania e será ouvido na manhã de hoje (30). 

O Crime
O corpo de Felipe foi encontrado em um terreno no residencial Francisca Trindade, na zona norte de Teresina, por volta das 8h desta segunda-feira (29). O corpo estava decapitado e sem os órgãos genitais.

Próximo ao local onde o corpo foi localizado, um terreno em uma invasão chamada Vila das Torres, foi encontrado um casebre onde estavam roupas ensanguentadas, relógio, e um facão enfiado no chão. 

 

Flash de Yala Sena
Carlos Lustosa Filho
[email protected]

Imprimir