Cidadeverde.com
Últimas

Rone apreende segundo menor suspeito de matar mulher em parada de ônibus no Porto Alegre

Imprimir

O batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Ronda) apreendeu, na tarde dessa sexta-feira (30), um menor de 17 anos acusado de ter participado do assassinato da operadora de telemarketing Ariane Sousa dos Santos, 26 anos. O crime aconteceu no início da semana no bairro Porto Alegre, zona sul de Teresina.


Ariane foi assassinada quando ia para o trabalho

O tenente José Monteiro informou que o menor foi preso no povoado Atalaia, em Altos, perto das obras do rodoanel. "Conseguimos chegar até o paradeiro dele e temos a confirmação de que ele participou do crime que tirou a vida da mulher. Eles abordaram ela e tentaram tomar a bolsa e o celular, como ela teria se recusado a entregar, um deles efetuou o disparo", informou o tenente.

Foi apreendido ainda com o menor a arma que pode ter sido usada no crime, um revólver calibre 38, que hoje estava sem munição. "Ele confessou que essa foi a arma usada para atirar na vítima. Só que ele relatou que estava pilotando a moto e que o disparo teria sido efetuado pelo outro", afirmou o tenente José Monteiro.

O crime
Ariane Sousa dos Santos foi assassinada na manhã desta segunda-feira (26) na rua Celsa Veras, próximo a uma parada de ônibus da avenida principal do bairro Porto Alegre. Ela chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Antendimento Médico de Urgência (SAMU), mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.

A jovem, que se formou recentemente como técnica de enfermagem, participaria do segundo dia de treinamento para trabalhar como operadora de telemarketing em uma empresa sediada na zona Sul da capital. Ariane deixou um filho de cinco anos.


Arma apreendida durante as buscas em Altos

Primeira apreensão
No dia do crime, a Polícia Civil apreendeu um menor de 16 anos acusado de ter assassinado a operadora de telemarketing Ariane Sousa dos Santos. O delegado geral Riedel Batista disse que testemunhas reconheceram o menor e que ele foi encontrado na casa de uma tia no bairro Santa Maria da Codipi. A operação que terminou na apreensão do adolescente contou com policiais do 4º, 10º e 23º DP, além da Delegacia de Homicídios e da Polícia Militar.

Lucas Marreiros (Especial para o Cidadeverde.com)
[email protected]

Imprimir