Cidadeverde.com
Geral

Justiça decreta prisão preventiva de 12 suspeitos da Operação Propinagem

Imprimir
  • IMG_2169.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2159.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2154.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2143.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2139.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2131.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2128.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2127.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2124.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2119.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2115.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2104.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2094.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2091.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2084.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2076.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2075.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2073.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2072.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2063.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2026.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2012.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_2006.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_1995.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • IMG_1983.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • nomes-divulgados_pela_policia.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • advmarconi.jpg Advogado Marconi Fonseca que representa dois suspeitos
    Thiago Amaral/Cidadeverde.com
  • PROPINAGEM.jpg Thiago Amaral/Cidadeverde.com

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) representou pela decretação da prisão preventiva de 12 indiciados da Operação Propinagem. Os outros três presos foram liberados após colaborarem com as investigações. Dez técnicos fazendários e cinco empresários foram presos suspeitos de fraude tributária e são autuados por organização criminosa, corrupção ativa e passiva e concussão (extorsão praticada por agentes públicos).

Segundo o delegado Carlos César Camelo, coordenador da Greco, os mandados foram expedidos pela Central de Inquéritos Policiais, pelo juiz Luiz Moura, após parecer favorável do Ministério Público Estadual, promotor Plínio Fontes. Com a medida oito técnicos fazendários e quatro empresários permanecem presos durante a tramitação do processo penal.

“Os outros três foram de menor importância entre os presos. Eles também foram indiciados, mas não havia necessidade da manutenção da prisão, já que contribuíram com as investigações. Os outros são mais graves e diversificados”, explicou o delegado. 

Com a prisão preventiva decretada a polícia tem dez dias para concluir o inquérito. “O delegado Klaydson Ferreira está colhendo depoimento de vítimas extorquidas. Já chegou a uma dezena de vítimas que compareceram na delegacia e um microempresário do Dirceu fez o reconhecimento de dois técnicos fazendários que extorquiram R$ 3 mil dele”, afirmou Carlos César. 

A polícia ouve nesta manhã(17) um empresário de Lagoa Alegre (a 77 km de Teresina) que chegou a pagar R$ 15 mil para os fazendários. 

Liberados

O delegado Carlos César declarou que o fazendário Charles de Lima Cavalcante, a empresária do frigorífico Lucimar Pereira e o representante da empresa de refrigerantes, Saulo Bringel Sampaio foram soltos. 

Os outros estão divididos em celas da Polinter, no 21º Distrito Policial e no Grupamento Tático Aéreo de Policiamento (Gtap), já que um é advogado. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Imprimir