Cidadeverde.com
Geral

Suspeitos de roubo a banco no MA são presos pela PF no aeroporto de Teresina

Imprimir

Matéria atualizada às 12h10

O coordenador da Greco, Carlos César Camelo, informou que o trio preso na madrugada de ontem (09) no aeroporto de Teresina roubou cerca de R$ 1 milhão da Caixa Econômica Federal de Bacabal (MA) na última sexta-feira (06). O delegado diz que o preso identificado como Flávio Júnior de Figueiredo já foi preso pela polícia do Piauí em 2010 por envolvimento em fraudes eletrônicas na capital piauiense. 

O delegado explica que os três vieram de São Paulo para o Maranhão por serem desconhecidos da polícia local, importante na atuação durante o roubo. "Eles chegaram de cara limpa, sem capuz e com um simulacro de arma de fogo, porque tiveram que passar pelo detector de metais. Dentro da agência, eles renderam os vigilantes, fizeram com que abrissem o cofre e levaram o dinheiro", disse. 

Durante a prisão não foi encontrada qualquer quantia com o trio. Carlos César relatou que o grupo possui uma base de apoio em Bacabal, onde o dinheiro ainda deve estar guardado. A fuga em Teresina também faz parte da estratégia do bando. 

"Eles chegaram 'limpos' e foram embora 'limpos'. O dinheiro só seria mandado para eles depois, provavelmente, por frete ou escondido em cargas. Eles vieram para Teresina, que é quase tão distante de Bacabal quanto São Luís, mas a intenção era despistar a polícia. Eles não contavam com a integração do Piauí com o Maranhão, especialmente, na madrugada de segunda. De qualquer forma, a polícia estava atenta e detectou uma compra de passagens no nome dos três pela TAM saindo de Teresina para São Paulo a 1h40 da madrugada", acrescentou o coordenador da Greco. 

Flávio Júnior de Figueiredo já havia sido preso em flagrante pela Polícia Civil e Federal do Piauí. Ele e mais dois homens, um deles do Ceará e outro de São Paulo, foram flagrados dentro de um veículo do lado de fora de uma farmácia localizada na Avenida Jóquei Clube, zona Leste de Teresina. Eles haviam instalado um 'chupa cabra' no terminal bancário do estabelecimento e recebiam, via bluetooth, os dados dos clientes que utilizavam o caixa. 

Todos já possuem passagens pela polícia por roubo e fraudes, sempre relacionadas a crimes em terminais e agências bancárias, de acordo com o delegado. O trio foi preso já na sala de embarque do aeroporto e está agora à disposição da polícia na cidade de Bacabal. 

O delegado Carlos César informou ainda que a polícia maranhense continua realizando buscas e devem efetuar outras prisões nos próximos dias. A polícia acredita que o trio agiu com ajuda de outros criminosos que já atuam na região. 

Crime

Para ter acesso ao interior da agência, os homens se passaram por funcionários do banco e chegaram ao local, vestidos de terno e usando crachá

Segundo informações, os criminosos conseguiram entrar no banco sem nenhuma dificuldade. Apesar do horário, ainda havia funcionários trabalhando em expediente interno. Eles pegaram três malotes de dinheiro e saíram. Quando passaram pela porta giratória, ficaram presos e atiraram no vidro para conseguir escapar.

Os três homens fugiram em um veículo Fiat Uno modelo Vivace, que foi incendiado por eles quando chegaram no bairro Mata Fome. 

 

Matéria original postada às 11h43

Três suspeitos de roubo à Caixa Econômica Federal de Bacabal, no Maranhão, foram presos na madrugada de ontem (9) no aeroporto Senador Petrônio Portela, em Teresina. Os presos são Flávio Júnior de Figueiredo, Gilson Cardoso dos Santos e Marcos Paulo Chini, naturais do estado de São Paulo. 

A prisão ocorreu em conjunto entre as Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado - GRECO, a Polícia Federal do Piauí e a Superintendência de Investigação ao Crime Organizado, SEIC, da Polícia Civil do Maranhão. 

Os três são suspeitos do assalto realizado no último dia seis na cidade maranhense e foram presos no aeroporto de Teresina, no momento em que embarcavam para o Estado de São Paulo.

 

Maria Romero e Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir