Cidadeverde.com
Esporte

McGregor nocauteia José Aldo em 13s e conquista cinturão dos penas

Imprimir

Realizado neste sábado (12), em Las Vegas, Estados Unidos, o UFC 194 marcou o início de dois novos reinados no Ultimate, dos agora campeões Conor McGregor e Luke Rockhold. Na luta principal da noite, o irlandês falastrão chocou o mundo do MMA ao levar apenas 13 segundos para nocautear José Aldo. Após 10 anos sem uma derrota, Aldo cometeu um deslize técnico, recebeu um golpe de encontro no queixo e apagou. No chão, o irlandês ainda completou o serviço para sagrar-se agora campeão linear peso-pena, o segundo da história da organização.

Conor precisou de apenas 13 segundos para se tornar campeãodos leves (Foto UFC/Fox Deportes) 

No co-main event, nova surpresa. Após dois rounds iniciais equilibrados, Chris Weidman telegrafou um chute rodado e foi interceptado por Rockhold, que quedou o antigo campeão e deu início ao duro castigo. Foram diversas cotoveladas, socos e muito sangue, até que no quarto round o árbitro encerrou o combate, tornando Luke o novo campeão peso-médio.

"José Aldo foi um grande campeão, mas quando a precisão encontra a força, a precisão ganha. Tudo que eu preciso é precisão, e mostrei isso hoje. Agora inicia um novo reinado", comentou o irlandês, bastante aplaudido pelo grande público presente na MGM Grand Garden Arena.

O brasileiro, por sua vez, pediu a revanche contra o McGregor e garantiu que as provocações não o afetaram: "Meu foco era só não luta, não tenho esse tipo de problema. Ele acertou um bom golpe e venceu, é isso, faz parte do esporte. Agora precisamos marcar uma revanche, eu vou voltar", disse Aldo, bastante emocionado após o revés surpreendente, seu 2º na carreira.

Ainda pelo card principal do UFC 194, o peso-médio Yoel Romero derrotou Ronaldo Jacaré por decisão dividida dos jurados em combate que poderia ser dado também para o brasileiro e com bons momentos dos dois. Com o resultado - de certa forma polêmico -, o cubado se credencia como próximo desafiante ao cinturão da categoria, agora em posse de Rockhold.

Único representante brasileiro a vencer em uma das lutas principais da edição deste sábado, Demian Maia deu um show de Jiu-Jitsu e dominou completamente Gunnar Nelson, vencendo por decisão unânime dos jurados (30-26, 30-25 e 30-25) após três rounds. Na luta principal de abertura, Max Holloway derrotou Jeremy Stephens por decisão unânime em combate morno.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 194
MGM Grand Garden Arena, Las Vegas (EUA)
Sábado, 12 de dezembro de 2015

Card principal
Conor McGregor derrotou José Aldo por nocaute no 1R
Luke Rockhold derrotou Chris Weidman por nocaute técnico no 4R
Yoel Romero derrotou Ronaldo Jacaré por decisão dividida dos jurados
Demian Maia derrotou Gunnar Nelson por decisão unânime dos jurados
Max Holloway derrotou Jeremy Stephens por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Urijah Faber derrotou Frankie Saenz por decisão unânime dos jurados
Tecia Torres derrotou Jocelyn Jones-Lybarger por decisão unânime dos jurados
Warlley Alves finalizou Colby Covington com uma guilhotina no 1R
Léo Santos derrotou Kevin Lee por nocaute técnico no 1R
Magomed Mustafaev derrotou Joe Proctor por nocaute técnico no 1R
Yancy Medeiros derrotou John Makdessi por decisão dividida dos jurados
Court McGee derrotou Márcio Lyoto por decisão unânime dos jurados

Fonte: TATAME

Imprimir