Cidadeverde.com
Entretenimento

Ludmilla rebate comentário racista e recebe apoio dos internautas

Imprimir

Val Marchiori causou um verdadeiro climão no carnaval. Em um programa da TV em que comentava os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro com alguns colegas, a empresária criticou o cabelo da cantora Ludmilla, que fez sua estreia como musa do Salgueiro. "Esse cabelo parece uma esponja de aço", disse Val Marchiori durante a transmissão da Rede TV.

Pacífica, Ludmilla se pronunciou em sua conta no Instagram nesta quarta-feira, 10, mas não citou o nome da loira. "Depois do desfile muitas pessoas me enviaram um vídeo de uma pessoa que apresentava um programa ao vivo na TV e falou que meu cabelo parecia bombril. Eu fiquei muito triste quando vi o vídeo, mas curti o restante da minha noite de ontem tranquila e com sensação de dever cumprido após o desfile da minha escola maravilhosa, que arrasou na avenida", escreveu ela. "Hoje, ao viajar pro Pará pra fazer um show, vim refletindo no avião. Quem é essa pessoa? O que eu fiz pra ela? O que ela fez pra chegar onde ela está? E vi que não valia a pena ficar com raiva dela, nem bater boca nas redes sociais", continuou Ludmilla, deixando claro que não queria brigar com a empresária.

"Tenho consciência de tudo que passei pra chegar aqui, vim de baixo, sim, mas lutei muito pra chegar onde estou e, o mais importante, com um trabalho digno e honesto e com o apoio de toda a minha família e amigos que tenho orgulho de tê-los comigo sempre", lembrou. "Tenho muito orgulho da minha raça e não vai ser qualquer pessoa que vai me colocar pra baixo por puro preconceito. Ser chique é ter valor, e não preço. Muito obrigada a todos que responderam em minha defesa", agradeceu Ludmilla, deixando um coraçãozinho para os fãs.

Mais tarde, em seu site, Val Marchiori fez uma publicação para se explicar. "Comigo, se não estava bem vestida, se não mandou bem no look, se não foi simpática, se não foi bacana, eu falava mesmo. Não sobrava pra ninguém! Como dizem, pau que bate em Chico, também bate em Francisco. Falei de subcelebridade esquecida à estrela global veterana sem medo de ser feliz. Já sou assim no dia a dia, em um programa ao vivo, durante o carnaval, não ia ser diferente. Hello! Fazer a linha certinha, não vai ser comigo mesmo! Eles me contratam para analisar, para dar minha opinião, então porque eu ficaria quieta?", escreveu ela.

"Claro que no ao vivo a gente pode acabar falando a mais ou acabar sendo mal interpretada. Foi o que aconteceu no caso da Ludmilla. Nem queria falar mais disso, porque os comentários que li, me deixaram muito chateada. Mas depois que vi a entrevista da mãe dela, vendo que poderia ter magoado a Ludmilla ou a família, achei melhor escrever. Hello! Vocês podem ter certeza que a última coisa que eu gostaria, era ter magoado alguém. Eu adoro a Ludmilla!", explicou-se e, com alguns rodeios, se desculpou pela afirmação. "Adoro o jeito que ela faz e acontece e nunca ia querer magoa-la, ou ofendê-la de alguma forma. Por isso, peço desculpas".

Fonte: Ego

Imprimir