Cidadeverde.com
Geral

Motorista de van é assassinado em assalto na estrada de União

Imprimir

O motorista de um van de Transporte Alternativo, Edimar Soares de Araújo, 27 anos, foi assassinado hoje por volta das 7h manhã com um tiro na cabeça durante um assalto na rodovia PI ? 112, na localidade Marambaia, entre as cidades de Teresina e União.

Segundo o agente Deodato Leite da delegacia de União, o veiculo saiu da cidade às 6h e ao chegar na localidade Marambaia próxima a Teresina, dois homens também não identificados anunciaram o assalto.
 

 
?Quando a van estava próxima a Teresina, os elementos disseram que era um assalto, deram um tiro na cabeça do motorista que perdeu o controle da van e entrou num canavial. Depois de matarem o motorista eles fugiram por dentro do canavial?, explicou Deodato.
 
Segundo o delegado Sebastião Neto, da Gerência de Policiamento Metropolitano, os bandidos já estão cercados pelos pelos policiais do RONE (Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais) dentro do canavial e serão presos a qualquer momento.
 

 
"Ao anunciarem o assalto, os bandidos estavam armados com um revólver e uma pistola 380. Eles mandaram o motorista parar a van, mas ele não obedeceu. Com isso, os assaltantes efetuaram vários tipos, só não sabemos ainda quantos mataram o motorista", informou o delegado Sebastião.  O corpo de Edimar Soares está no IML.  
 
O cobrador da van, Juarez Pereira, de 20 anos, contou que os dois rapazes aparentavam ter entre 18 e20 anos. "Eles entraram na parada em que ficam as vans em União, como passageiros comuns e passaram o tempo todo calados", contou Juarez, acrescentando que Edimar Soares, mesmo depois de baleado ainda tentou dirigir o veículo, mas a van perdeu o controle e entrou no canavial que fica as margens da estrada.
 
A Van estava com 22 passageiros e apenas 4 tiveram ferimentos leves. O dono da van e irmão de Edimar Helenilton Soares de Araújo afirmou que seu irmão trabalhava como cobrador de vans à sete anos e há 3 meses tinha assumido a função de motorista.
 

 
O comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, coronel José Fernandes de Albuquerque, informou que pelas características, a hipótese mais provável é de assalto e segundo os passageiros os dois rapazes estavam muito nervosos.
 
 
Tags:
Imprimir