Cidadeverde.com
Geral

Corpo de bebê decapitado é encontrado dentro de sacola no Aterro de Teresina

Imprimir

Corpo do bebê foi encontrado no Aterro Saniatário de Teresina

O corpo de um bebê foi encontrado nesta quinta-feira (10) por populares no Aterro Sanitário de Teresina, localizado na Zona Sul de Teresina.  A polícia informou que o corpo foi encontrado decapitado e estava dentro de uma sacola. Romário, que seleciona materiais recicláveis no Aterro Sanitário, foi um dos primeiros a encontrar o corpo.

“A gente encontrou e ficou distante enquanto a polícia não chegava. A gente não encontrou a cabeça. Ele estava em um saco cheio de sangue, aquelas sacos de banheiro mesmo”, declarou Romário em entrevista ao Jornal do Piauí desta quinta-feira (10). “Já largaram muitas crianças aí já. A última criança que a gente encontrou já estava na base dos sete meses. Já tava toda formada. Virou comum rasgar uma sacola e achar uma criança”, lamentou. 

As testemunhas acreditam que o corpo chegou ao aterro através dos caminhões que passam coletando o lixo em toda a cidade.  Dezenas de toneladas de lixo chegam todos os dias ao local. A polícia irá conhecer a rotina e o trajeto dos caminhões de acordo com os dias da semana e as zonas de Teresina. 

Por isso, funcionários, seguranças e pessoas que trabalham na coleta de lixo serão intimidas para prestar esclarecimentos. Os laudos periciais de local de crime e cadavérico são aguardados para abrir uma linha de investigação e identificar quem abandonou o bebê nesta situação. 

Até o momento, a polícia não sabe informar se o corpo é de um bebê antes ou depois do nascimento, e aguarda o resultado dos laudos do Instituto de Medicina Legal (IML).

 “O que realmente vai dizer, desafogar ou articular a investigação como um todo vai ser o laudo realizado no feto que foi encontrado porque a gente ainda não sabe se foi um aborto ou se foi infanticídio; quem vai dizer é a perícia. Também esperamos o exame do local.  A partir daí, com o testemunha das pessoas, é que vamos harmonizar toda a investigação”, disse o delegado da Homicídios, Francisco Baretta.

O delegado ressaltou ainda que “ a polícia vai trazer todas as respostas a sociedade porque se não vão colocar um corpo seja de uma criança, de um feto ou um adulto nos lixões da vida e achar que vai ficar por isso mesmo”, ressaltou. 

O IML tem dez dias para entregar o resultado dos dois exames. Mesmo com o fato sendo assustar para muitas pessoas, Romário afirma que vários fetos já foram abandonados no Aterro Sanitário ao longo dos últimos anos. 

Em menos de um mês, esse é o segundo caso envolvendo abandono de feto em Teresina, no dia 22 de fevereiro deste ano, um feto foi encontrado dentro de um vaso sanitário no banheiro de um hospital público no bairro Satélite, na Zona Leste de Teresina.  Uma adolescente de 17 é suspeita de abandonar o corpo no local. O caso está sendo investigado. 

 

 

 


Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir