Cidadeverde.com

Parceria entre TCE-PI e MPF quer coibir caixa 2 nas eleições

Uma parceria entre o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) e a Procuradoria Regional Eleitoral do Piauí vai tentar coibir a prática de "caixa 2" nas eleições municipais marcadas para outubro. Os órgãos vão promover ações conjuntas e trocar informações em um acordo de cooperação técnica discutido na última semana. 

Em reunão, os auditores de controle do TCE-PI José Inaldo de Oliveira, Diego Reis e Lineu Lima, e o procurador-regional eleitoral, Israel Gonçalves, discutiram o foco da atuação do MPF, que será a punição de condutas vedadas, em especial o uso de dinheiro não contabilizado pelas campanhas. 

O Núcleo de Gestão Estratégica da Informação (Nugei) do TCE-PI irá fornecer dados sobre municípios e gestores públicos. As informações poderão contribuir com o trabalho de investigação do MPF.

A iniciativa segue a proposta de trabalho da Rede de Controle da Gestão Pública, formada por vários orgãos de fiscalização e controle, como TCE, MPF, TCU e Polícia Federal. A ideia é dar mais eficácia às investigações e fundamentar ações futuras contra candidatos que cometerem abusos na campanha. 

O MPF já estuda denúncias contra prefeitos e outros gestores por propaganda eleitoral antecipada. 

[email protected]

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais