Cidadeverde.com
Geral

Jovens em situação de risco recebem incentivos de prevenção contra marginalidade

Imprimir

Um convênio entre o Senac e a Associação de Mulheres do bairro São Joaquim, na zona Norte, vai permitir que 36 jovens de 16 a 21 anos que estão em situação de vulnerabilidade social, realizem cursos de capacitação para o mercado de trabalho.

Os jovens vão participar de cursos de manicure, pedicure e conserto de eletrodomésticos, com o objetivo de estarem qualificados para o mercado de trabalho. Segundo a coordenadora de programas do Senac, Francisca Lopes, além da capacitação para o mercado, os jovens recebem noções de empreendedorismo para abrirem seu próprio negócio.

O curso terá 160 horas/aulas, entre teoria e prática. ?Os alunos obedecem a alguns critérios pré-estabelecidos, como a família possuir renda menor ou igual a um salário, estarem em vulnerabilidade social e possuírem de 16 a 21 anos, dentre outras. Eles recebem uma pasta com caneta, apostila e caderno para as aulas teóricas e o material da aula prática?, explicou Francisca Lopes.

Para a coordenadora da Associação de Mulheres do São Joaquim, Ana Cristina Machado, a intenção é valorizar a mão-de-obra jovem do bairro, para que sejam inseridos no mercado de trabalho e fiquem longe da marginalidade.

?Este é o segundo curso do programa Senac Jovem Cidadão que trazemos para o bairro. No primeiro, formamos 30 jovens como auxiliares administrativos?, destacou Ana Crsitina.

 

[email protected]

Tags:
Imprimir