Cidadeverde.com
Esporte

PSG e Arsenal ficam no empate em estreia na Liga dos Campeões

Imprimir

Paris Saint-Germain e Arsenal estrearam na Liga dos Campeões com um empate por 1 a 1 no Parc des Princes, em Paris, nesta terça-feira. Com apenas 44 segundos de jogo, Cavani abriu o placar para os mandantes, mas Alexis Sánchez deixou tudo igual aos 32 do segundo tempo.

Foto: FRANCK FIFE / AFP

O PSG foi superior durante todo o primeiro tempo e grande parte do segundo, mas não conseguiu marcar um segundo gol e confirmar a vitória. Depois de uma etapa inicial fraca, a equipe de Arsene Wenger voltou mais ofensiva para o segundo tempo, soube se defender das investidas dos franceses e saiu de campo com um empate.

O próximo compromisso do PSG pela Liga dos Campeões será no dia 28, contra o Ludogorets, na Bulgária. No mesmo dia, o Arsenal recebe o Basel no Emirates Stadium.

O jogo – Quarenta e quatro segundos. Esse foi o tempo necessário para o Paris Saint-Germain balançar a rede no Parc des Princes. No primeiro ataque da partida, Aurier avançou pela direita, cruzou, e Cavani apareceu na primeira trave para tocar de cabeça e marcar o primeiro gol da fase de grupos da Liga dos Campeões.

O bom início animou a equipe da casa, que dominou o início da partida pressionando em busca do segundo gol. Aos nove minutos, em bela trama do ataque parisiense, Di Maria deu um lindo passe de calcanhar para Rabiot bater para o gol. No entanto, o zagueiro Koscielny chegou para cortar o chute. Três minutos depois, DI María cobrou escanteio e por muito pouco não marcou um gol olímpico.

O Arsenal se encontrou na partida e cresceu de produção, mas não chegou a levar nenhum perigo ao gol francês durante o primeiro tempo. Perigo mesmo somente do outro lado: aos 34 minutos, Cavani recebeu de Verratti, aproveitou vacilo de Monreal, driblou Ospina mas acabou chutando para fora.

No minuto seguinte, a equipe inglesa tinha a chance de criar sua primeira oportunidade, mas Sánchez acabou caindo no chão ao receber passe de Coquelin dentro da área.

O Arsenal voltou melhor para o segundo tempo, dominando a posse de bola e encurralando o PSG na defesa. No entanto, o time de Arsene Wenger não conseguia criar jogadas efetivas e finalizar a gol.

Além disso, com a equipe lançada ao ataque, sobrava espaço para o contra-ataque francês. E foi assim que a equipe da casa quase chegou ao segundo gol aos sete minutos, quando Di María recebeu belo lançamento de Verratti na área, mas foi paralisado por Monreal e foi ao chão pedindo pênalti. A arbitragem mandou a partida seguir.

O primeiro bom chute a gol do Arsenal veio no minuto seguinte, com Coquelin, que soltou uma bomba de fora da área, desviada pela defesa francesa. Depois, foi a vez de Chamberlain receber bom passe de Sánchez, se enrolar com a bola e chutar mal.

Depois do período de sustos, o PSG retomou o controle do jogo e voltou a levar perigo ao gol de Ospina. Aos 24 minutos, Cavani aproveitou bola rebatida dentro da área e bateu para bela defesa do colombiano. Dois minutos depois, Di María aproveitou saída de bola errada do Arsenal, deu um chapéu em Xhaka e bateu de primeira. Esperto, Ospina estava bem colocado e fez a defesa.

Quando tudo parecia se encaminhar para o segundo gol do PSG, surgiu Alexis Sánchez. Apagado até então, o chileno aproveitou rebote de chute de Iwobi e marcou o gol de empate do Arsenal aos 33 minutos.

O PSG por muito pouco não retomou a liderança do placar logo no minuto seguinte. Cavani ganhou dividida com Koscielny, tentou driblar Ospina mais uma vez, mas agora o goleiro conseguiu dar um tapa na bola e evitar a passagem do uruguaio.

Com a partida aberta na reta final, o time inglês também chegou perto de seu segundo tento. Aos 37, Iwobi recebeu belo passe de Sánchez e bateu forte para defesa de Aréola.

O clima era de tensão nos últimos minutos, levando os jogadores das duas equipes a se estranharem em algumas divididas. Aos 48 minutos, Giroud deixou o braço no rosto de Verratti, os dois discutiram e foram expulsos de campo. E ainda houve tempo para a última chance do PSG. Aos 49, Di María cobrou escanteio com perigo, a bola atravessou a área e por muito pouco não contou com um desvio do brasileiro Marquinhos no segundo pau.

Talisca ‘se vinga’ e estraga festa do Benfica; Napoli vence – Pelo grupo B da Liga dos Campeões, o favorito Benfica estreou com um empate por 1 a 1 com o Besikitas no Estádio do Dragão. O resultado teve gosto amargo para os campeões portugueses, que abriram o placar com Cervi, aos 12 minutos do primeiro tempo, e venciam até os acréscimos, quando Anderson Talisca, que teve passagem recente pelo clube de Lisboa e foi pouco utilizado, empatou o duelo para os turcos.

No mesmo grupo, o Napoli reestreou com o pé direito após duas temporadas longe da Champions. Na Ucrânia, a equipe italiana venceu o Dínamo de Kiev por 2 a 1, de virada, com dois gols do polonês Milik.

Basel e Ludogorets empatam – Pelo mesmo grupo de PSG e Arsenal, Basel e Ludogorets também ficaram em um empate por 1 a 1 na Suíça. o resultado mantém todo o Grupo A da competição empatado com um ponto.


Fonte: FOOTSTATS

Imprimir