Cidadeverde.com
Últimas

Morre o músico pernambucano Mestre Salu

Imprimir
O músico pernambucano Manoel Salustiano Soares, mais conhecido como Mestre Salu, morreu neste domingo por volta das 7h30 aos 62 anos.

Mestre Salu estava internado no Procape, Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco, há sete dias, segundo informações do Em Cima da Hora da Globonews.

O motivo da morte foi uma arritmia cardíaca, em decorrência do Mal de Chagas.

Mestre Salu enfrentava a doença, que provoca um aumento do coração, há vinte anos. Para estimular o órgão, ele usava um marcapasso há mais de 9.

No último dia 8, o músico se submeteu a uma cirurgia para substituição do aparelho.

Manoel Salustiano Soares nasceu em Aliança, Pernambuco, no dia 12 de novembro de 1945. Foi um dos percussores de cavalo-marinho da região, interpretando diversos personagens.

Ele lançou seu primeiro CD aos 54 anos, já com 45 de carreira. Sua discografia se resume a quatro títulos: Sonho da Rabeca, As três gerações, Cavalo-marinho, Mestre Salu e a sua rabeca encantada.

Mestre Salu foi um dos grandes responsáveis pela preservação da ciranda, do pastoril, do coco, do maracatu, do caboclinho, do mamulengo, do forró, do improviso da viola e de outros folguedos populares do folclore nordestino.
 
Fonte: Terra
Tags:
Imprimir