Cidadeverde.com
Esporte

Italiano: Inter empata em casa na estreia de Gabigol ; Roma derrotada

Imprimir

Gabigol disputou seus primeiros vinte minutos no futebol europeu ao entrar no segundo tempo do duelo entre Inter de Milão e Bologna, que empataram em 1 a 1 neste domingo, no estádio Giuseppe Meazza, pela sexta rodada da Série A italiana.

Recém-contratado por 27,5 milhões de euros junto ao Santos, o atacante brasileiro mostrou boa movimentação, atuando pela direita do ataque, mas não conseguiu levar o time milanês à vitória.

Apesar do tropeço em casa, a Inter subiu para a terceira posição, com 11 pontos, desbancando a Roma (4º, com 10 pontos), que sofreu derrota contundente de 3 a 1 no campo do Torino (10º).

Com esses resultados, a líder Juventus (15 pontos) e o vice Napoli (14) escaparam na parte de cima da tabela, por terem vencido no sábado Palermo (1-0) e Chievo (2-0), respectivamente.

Em Milão, o Bologna saiu na frente aos 14 minutos de jogo, com gol de Mattia Destro, mas o croata Ivan Perisic garantiu o empate da Inter com um belo chute de primeira de canhota, aos 38. Gabigol entrou aos 29 da etapa final, no lugar de Candreva, e atuou em seu lugar, na ponta direita.

Convocado para as partidas de outubro da seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o zagueiro Miranda foi titular do time 'nerazzurro'.

O jogo foi marcado por um momento tenso entre o técnico da Inter, Franck De Boer, e o volante francês Geoffrey Kondogbia, substituído depois de apenas 28 minutos de jogo, por não respeitar as instruções do holandês.

"Quando um jogador não quer entender, não pode permanecer em campo", justificou o treinador depois da partida.

"Conversamos hoje de manhã e disse a ele que tinha que jogar de forma simples. Quando você está de costas para o jogo, tem que jogar simples. Mas ele não quer me ouvir e continua repetindo os mesmos erros", lamentou.

- Filho de Simeone faz 1º gol na Europa -

Mais cedo, em Turim, a Roma levou um verdadeiro baile do 'Toro', apesar de o eterno capitão Francesco Totti ter marcado seu 250º gol na Série A, a dois dias de completar 40 anos.

O time da capital foi vítima do talento do jovem atacante Andrea Belotti, uma das maiores promessas do futebol italiano, e de um velho conhecido, o espanhol Iago Falqué, que emprestou ao Torino.

Belotti abriu o placar logo aos 8 minutos de jogo, anotando seu quinto gol da temporada, e sofreu um pênalti convertido por Falqué aos 8 da segunda etapa.

O espanhol voltou a castigar seu ex-clube aos 20, com chute desviado que acabou entrando nas redes, selando a vitória por 3 a 1 do time da casa.

Cinco minutos antes, Totti, que entrou no intervalo, deixou o dele de pênalti. "Perdemos e jogamos mal. Agora, temos que ficar calados e trabalhar", sentenciou o lateral Alessandro Florenzi.

O outro time da capital, a Lazio, subiu para a quinta posição, com os mesmos dez pontos da arquirrival, ao derrotar o Empoli (18º) por 2 a 0. A rodada também foi marcada pelo primeiro gol do argentino Giovanni Simeone, filho de Diego, técnico do Atlético de Madri, no futebol europeu. O atacante de 21 anos abriu o placar para o Genoa (11º) contra o Pescara (14º), mas seu time teve dois jogadores expulsos e o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Seu pai, Diego Simeone, conhece bem o futebol italiano, por ter atuado em três clubes do país, o Pisa (1990-1992), a Inter de Milão (1997-1999) e a Lazio (1999-2003).


Fonte: AFP

Imprimir