Cidadeverde.com
Últimas

Agente da Strans e funcionário do HU são presos na Operação Vigiles

Imprimir

Atualizada às 13h01

O funcionáro do Hospital Universitário, Márcio de Araújo Pereira e o agente da Strans, Raimundo Nonato das Chagas, foram presos nesta terça (22), em Timon (MA), cidade vizinha a Teresina, após cumprimento dos mandados de prisão contra eles, sobre a investigação da fraude no concurso do Corpo de Bombeiros. Com eles, sobe para 32 o número de mandados cumpridos, sendo que quatro pessoas já foram liberadas, após prestarem depoimentos. 

De acordo com o delegado Humaitan Oliveira, da polícia civil de Timon, na casa de Raimundo foi encontrado um caderno de questões do concurso para agente de trânsito da Strans, realizado em 2013. 

"Apreendemos três celulares e esse caderno de questões, que poderá garantir informações para novas investigações", disse. 

O cumprimento dos mandados foi feito pelos policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) com apoio dos policiais da Delegacia Regional de Timon e do 4º e 6º Distritos policiais de Teresina. Os mandados são de prisões temporárias e também foram realizadas buscas e apreensão. 

A operação Vigiles foi deflagrada na última quinta-feira (17).  Ao todo, foram expedidos 36 mandados de prisões, 35 mandados de conduções coercitivas e 71 mandados de busca e apreensão. 

As investigações apontaram que o grupo criminoso era bem articulado e contou, inclusive, com a participação de fiscais do certame, que eram responsáveis por vazar as provas para os demais membros da organização. Já o gabarito era repassado por outros integrantes da quadrilha por meio de mensagens via celular. 

Após deflagrada a operação, o curso de formação de soldados foi suspenso pois havia indícios de que mais de 70% dos alunos tiveram envolvimento na fraude.

As informações apuradas durante a Vigiles subsidiarão investigações para apurar fraudes em outros certames no Estado. 

Aguarde mais informações. 

 

Da redação
[email protected]

Imprimir