Cidadeverde.com
Geral

OAB-PI pede proibição dos slogans de candidatos em Oeiras

Imprimir
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), secção Piauí, Norberto Campelo, solicitou a Procurador Regional Eleitoral, Marco Túlio Lustosa, a proibição dos slogans de dois candidatos a prefeito de Oeiras (a 313 km de Teresina) por incitarem a violência.
 


Noberto afirma que em um dos slogan contêm a palavra ?Arrocho? e o outro ?Taca?, que, segundo eles, são palavras que estimulam atos violentos. Circulam pela acidade adesivos em vermelho com letras amarelas e a frase "É Taca!", atribuídos a partidários de Alexsandra Tapety (PMDB). Em resposta, pessoas ligadas ao deputado federal e também candidato a prefeito B. Sá (PSB) teriam confeccionado adesivos com a frase "É arrocho!".
 
?As eleições municipais por si só afloram os ânimos, por estarem mais próximos do eleitorado e quando os líderes políticos deflagram isso para a população, pode incitar mais ainda instigar ações violentas, por isso queremos a proibição desses slogans?, explicou o presidente da OAB-PI.
 
Oeiras foi uma das cidades que pediu a presença de forças federais no dia das eleições e que foi autorizado o envio pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Caroline Oliveira e Fábio Lima
[email protected]
[email protected]
Tags:
Imprimir