Cidadeverde.com
Entretenimento

Mito do rock, Kurt Cobain completaria 50 anos nesta segunda

Imprimir

Foto: Divulgação

Kurt Cobain durante o show de gravação do disco 'MTV Unplugged in New York', lançado pelo Nirvana em 1994


Aberdeen, uma pequena cidade litorânea no estado noroeste de Washington (EUA), viu nascer há 50 anos Kurt Cobain, o último grande mito surgido do rock e que mais de duas décadas após sua morte continua despertando fascinação no mundo todo.


Tudo o que rodeia a banda Nirvana e a figura de Cobain, que nasceu em 20 de fevereiro de 1967 e se suicidou com apenas 27 anos em 5 de abril de 1994, continua sendo notícia entre os fãs de rock e, especialmente, do grunge, um estilo que usou a angústia, o tormento e a solidão como desculpa para guitarras ruidosas.


Foi aberto no eBay, inclusive, um leilão de uma das guitarras de Cobain, um modelo azul da marca Hagstrom, e parte dos lucros obtidos pela venda será destinada à caridade.


Disco e filme
A discografia do Nirvana é relativamente reduzida - três álbuns de estúdio, "Bleach", "Nevermind" e "In Utero"; e um disco ao vivo, "MTV Unplugged" -, mas a morte e popularidade de Cobain favoreceram a edição ao longo do tempo de recopilações, reedições e material inédito.


Coincidindo com o 25° aniversário de seu lançamento, neste ano foi lançada uma versão de colecionador e remasterizada de "Incesticide", um álbum de raridades publicado pelo Nirvana em 1992.


No plano audiovisual, o documentário "Cobain: Montage of heck" (2015) de Brett Morgen, que contou com a aprovação dos herdeiros do músico, surpreendeu recentemente por oferecer um retrato muito familiar, pessoal e humano do autor de "Smells like teen spirit". Mas o filme também trouxe controvérsia. Buzz Osborne, líder de outros heróis da cena musical de Seattle como Melvins, atacou o documentário e afirmou que 90% do que foi retratado é mentira.


Capa do disco 'Nevermind', do Nirvana (Foto: Divulgação)

 

Homenagens
As discussões sobre os ícones do rock costumam ser frequentes, especialmente se está em jogo o legado e a imagem de uma figura tão singular como a de Cobain.


Mas o reconhecimento à decisiva influência do Nirvana na música popular não deixam de aparecer. Um dos últimos foi o anúncio da Academia da Gravação da entrada do hino "Smells like teen spirit" no Salão da Fama dos Grammy junto a canções como "Changes" (David Bowie), "Sign 'Or The Times" (Prince) e "Lady sings the blues" (Billie Holiday).


Mais divertida e informal foi a homenagem de Spencer Elden, um nome que não diz absolutamente nada ao grande público se não fosse revelado que ele foi o protagonista da icônica capa de "Nevermind" na qual um bebê mergulhava em uma piscina à caça de uma nota de um dólar. Para comemorar 25 anos deste álbum indispensável, Elden voltou a mergulhar numa piscina, em setembro do ano passado, para recriar, já como adulto, essa famosa imagem.

O cantor peruano Ramiro Saavedra, que se tornou alvo de conspiração na internet após cantar música do Nirvana (Foto: Reprodução/Facebook/Ramiro Saavedra )

 

Cobain está vivo?
E, se a tristeza com a morte prematura de Cobain é uma coisa difícil de aguentar, sempre resta a possibilidade de acreditar nas conspirações que, como as de Elvis Presley, asseguram que o cantor continua vivo.


Em setembro do ano passado, teve certa repercussão nas redes sociais uma teoria que assegurava que Cobain continua vivo sob a identidade de um músico peruano chamado Ramiro Saavedra, que em um vídeo interpretava uma versão de "Come as you are", o que levou o Facebook oficial do Nirvana a desmentir este rumor com uma sarcástica resposta.


"É verdade, Kurt está vivo. Precisava de tempo para aprender a tocar guitarra com sua mão direita [Saavedra é destro enquanto Cobain era canhoto]. Encontrar guitarras para canhotos não é fácil. Estamos tão felizes de tê-lo outra vez que o perdoamos por toda a tristeza que tínhamos profundamente em nossos corações", afirmava a mensagem.

 

Fonte: G1

Imprimir