Cidadeverde.com
Esporte

Clube gaúcho dispensa jogadores após vazamento de cena sexual no vestiário

Imprimir

O Sport Club Gaúcho, de Passo Fundo, ganhou destaque na imprensa mundial depois de um vazamento de uma cena de masturbação de três jogadores no vestiário do clube.

Segundo a direção, desde sábado, quando o vídeo viralizou via WhatsApp, os quatro jogadores (incluindo aí o que filmava) foram dispensados do clube.

“Fora do horário de expediente não temos nada a ver com a situação. Se quiserem se drogar, beber, são gays ou não, é problema deles. O que tenho que responder como presidente é durante uma viagem, horário de expediente.

Aí a responsabilidade seria minha. O Sport Club Gaúcho não é guardião da moral e dos bons costumes de ninguém. A única coisa foi fazer o vídeo dentro do vestiário”, disse presidente Gilmar Rosso ao site Globoesporte.com.

O presidente ainda rechaçou qualquer cunho homofóbico na dispensa, justificando inclusive que a Coligay, famosa torcida gay do Grêmio, foi fundada por um torcedor do Gaúcho, que fez o mesmo com para o clube de Passo Fundo na década de 1980.

O Gaúcho disputa atualmente a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho, equivalente ao na prática ao terceiro nível estadual. Na competição, a equipe de Passo Fundo se encontra em boa posição para passar à fase final a duas rodadas do fim da fase de grupos.


Fonte: Yahoo

Imprimir