Cidadeverde.com
Esporte

Libertadores: Bota empata com o Grêmio; Santos leva empate no fim

Imprimir

Donos de duas das principais campanhas do futebol brasileiro nesta temporada, Botafogo e Grêmio proporcionaram um jogo bastante equilibrado no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e com um par de boas chances de gol.

Resultado: a abertura do confronto brasileiro das quartas de final da Copa Libertadores acabou com um empate por 0 a 0.

Para o confronto -que contou com Tite como espectador -, a equipe comandada por Renato Gaúcho foi a campo bastante desfalcado, já que não atuou com três dos principais nomes do time: Michel (suspenso), Pedro Geromel e Luan (lesionados). Marcelo Oliveira e Maicon, outros nomes importantes, também foram baixa por problema físico.

Do outro lado, o time de Jair Ventura não teve o suspenso Victor Luis e os contundidos Leandrinho, Airton, Jonas e Marcinho. O duelo de volta ocorrerá já na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Grêmio.

Um dado a favor do torcedor tricolor é que a equipe venceu todos os quatro jogos que fez na condição de mandante nesta Libertadores (3 a 2 sobre o Deportes Iquique, 4 a 1 sobre o Guaraní, 4 a 0 sobre o Zamora e 2 a 1 sobre o Godoy Cruz).

Antes disso, ambos os times têm compromissos pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, o Botafogo receberá o Santos no Nilton Santos, às 19h (de Brasília). Um dia depois, o Grêmio, também em casa, enfrentará a Chapecoense, às 16h.

Em um começo de primeiro tempo pouco agitado, a primeira boa chegada foi dos visitantes, com um chute de Fernandinho na rede pelo lado de fora aos 8min. Os mandantes responderam com conclusão por cima de Matheus Fernandes após levantamento de Rodrigo Pimpão, aos 20min.

Quatro minutos depois, viria um lance polêmico: Arthur foi derrubado por Arnaldo muito perto da grande área, e o árbitro mandou o jogo seguir.

A partir daí, o duelo ficou mais agitado, com as melhores chances lances de ambos os lados. Aos 30min, Gilson recebeu de Pimpão e cruzou para Bruno Silva, que concluiu à esquerda da meta, levando muito perigo. Cinco minutos mais tarde, Arthur fez ótimo jogada individual, chutou forte e obrigou Gatito a realizar grande intervenção.

Na volta do intervalo, uma reclamação com a arbitragem chamaria atenção com menos de dois minutos. em meio a uma bela jogada coletiva, Gilson tabelou com Roger, recebeu passe de calcanhar e caiu em disputa com Edílson na área. Os botafoguenses pediram pênalti, mas o juiz nada marcou.

Pouca movimentada, a etapa final teria seu primeiro bom momento aos 18min, graças a uma falha individual. Gilson levantou da esquerda, Cortez errou feio no corte e deixou de presente para Roger, que finalizou bloqueado pela marcação.

Os gaúchos ainda criariam talvez a melhor chance da partida aos 33min, quando Fernandinho aproveitou levantamento de Léo Moura, finalizou de voleio e viu Joel Carli aparecer quase em cima da linha para tirar de cabeça. Aos 39min, Roger chutou de dentro da área e mandou para fora.

Sem tantas chances claríssimas de gol, o primeiro capítulos das quartas de final brasileira na Libertadores terminou sem movimentação no placar.

Lucas Lima sai machucado, e Santos leva empate do Barcelona-EQU nas quartas da Libertadores

O Santos foi até Guayaquil e por pouco não conseguiu sair do Equador com um ótimo resultado no duelo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América de 2017.

No entanto, o time paulista vacilou no fim e permitiu o empate do Barcelona-EQU, ficando no 1 a 1 na partida desta quarta-feira.

Bruno Henrique abriu o placar para o Santos logo no primeiro minuto do segundo tempo.  Aos 19, Lucas Lima foi substituído por sentir uma lesão na perna, que ele mesmo classificou como uma "fisgada" ao fim da partida. 

O time da casa chegou ao empate aos 33 da etapa final com Jonatan Álvez. O Barcelona ainda teve boas chances de virar, mas parou em Vanderlei.

Com este resultado, o Santos pode até empatar sem gols na Vila Belmiro, no jogo de volta, na próxima quarta-feira, que ainda assim avança para a semifinal da Libertadores. Qualquer igualdade por dois ou mais gols, o time equatoriano fica com a vaga. Em caso de um novo 1 a 1, o semifinalista será decidido na disputa dos pênaltis.


Fonte: ESPN

Imprimir