Cidadeverde.com
Viver Bem

Anote estas super dicas para quem tem dificuldades de emagrecer

Imprimir

Quando o assunto é perder peso, parece que esta resposta não pode ser tão simples não é mesmo? O que muita gente não sabe, é que muitas vezes a vontade tem que caminhar junto do intelectual e emocional. Este controle faz com que você sinta-se ou não motivado a agir e lutar de forma corre para as cosias a seu favor. Chegou a hora de conhecer as razões que te atrapalham a emagrecer e as dicas de como contornar aquele problema.

 

Primeira Dica

Cada pessoa tem uma forma de lidar com suas emoções, isso pode dificultar ou favorecer a sua capacidade de pensar, superar os seus problemas e principalmente de alcançar os seus objetivos. Você deve ter em mente que a imagem que você forma de si próprio, é o controle que regula a energia interior que será necessária para as ações. A partir do momento em que alguém se ache incapaz de fazer algo, a dificuldade fica duas vezes mais real.
As pessoas têm facilidade de desanimar, pois o desânimo tem um poder enorme de sedução.

 

Segunda Dica

Lembre-se que durante a sua vida você vai precisar fazer muitas escolhas em que você vai acertar e errar diversas vezes. Pense que quanto mais escolhas você fizer, mais capacitado você vai ficar para agir corretamente. Quanto mais vezes a gente culpar as outras pessoas pelo nosso fracasso e escolhas erradas, certamente mais dependentes seremos. Você deve buscar a convivência com pessoas que são capazes de dar apoio e o estímulo necessário para lutar e buscar novas conquistas. Você deve buscar pessoas que possa te ajudar nesta superação e muitas vezes até sofrer com você.
Você deve ter em mente que conhecer a si mesmo é a base para qualquer mudança. Talvez seja necessário buscar a ajuda de um psicólogo, isso não é vergonha nenhuma e ainda pode facilitar esse processo.


Terceira Dica

Saiba que as pessoas que conseguem superar as próprias fraquezas, vão sempre buscar forças para atingir seus objetivos e sempre almejar objetivos mais difíceis. Você deve ter em mete que toda tentativa de mudar pode produzir insegurança, medo e alimentar uma vontade de não arriscar e continuar na sua rotina já estabelecida. Se você ficar apenas reclamando sem agir, certamente vai apenas complicar a situação dia após dia. Se este pensamento for mantido, você futuramente pode estar com profundos sintomas de angústia, depressão, úlcera, labirintite, além de outros distúrbios psicossomáticos.

 

Quarta Dica

Muito se pergunta da dificuldade que as pessoas obesas ou com sobrepeso têm em perder peso não é mesmo? A resposta pode não ser tão simples, mas em pelo menos 75% dos casos, isso acontece devido as suas práticas comportamentais e emocionais. Quando a pessoa entra em um círculo vicioso, isso faz com que ela praticamente perca as forças e esperanças de atingir o seu objetivo. A maior dica que podemos dar é o que estamos falando durante todo o artigo, você precisa reagir e mudar. Você deve estudar, trabalhar, cuidar da saúde, Você deve restabelecer todo o tipo de relação com coisas prazerosas e que fazem bem pra sua saúde. Você deve organizar seu corpo e sua mente para estar sempre liberando energia necessária para coisas positivas e que realmente faça sentido na busca de seu objetivo.


Quinta Dica
Não existe emagrecimento duradouro apenas por alimentação sem prazer ou através de guerras diárias contra o desejo e a gula. Para conseguir perder peso, você deve saber que será um processo contínuo, puxado e demorado. Durante este período você vai descobrindo possibilidades e alternativas para mudar e incorpora hábitos saudáveis, assim que você vai conseguir mudar aos poucos o seu quadro e buscar sempre coisas conscientes e prazerosas. Se você está lendo este artigo agora e mesmo assim não encontra forças para lutar, pense que a reeducação alimentar e uma nova rotina de exercícios físicos, certamente são escolhas que só trarão grande bem-estar físico e mental. Pense que todas as dicas para emagrecer que passamos não são caminhos simples, mas certamente te darão uma vida muito melhor do que as que vocês vivem atualmente.

 

Fonte: Saúde Melhor

Imprimir