Cidadeverde.com
Últimas

Órgão pede que 300 PMs de prédios públicos voltem às ruas

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com


Apesar da escassez de policiais para combater a violência nas ruas do Piauí, mais de 300 PMs estão cedidos a órgãos da administração pública para fazer a guarda patrimonial. A denúncia é da Rede de Controle de Gestão Pública do Piauí - conjunto de órgãos responsável pelo controle dos gastos públicos.

Na representação encaminhada ao TCE, a Rede aponta que, enquanto um único órgão como a Assembleia Legislativa do Piauí tem 150 policiais, 27 municípios do Estado têm apenas um PM.

O documento pede ainda uma auditoria na folha de pessoal da Polícia Militar.

O auditor do TCU, em entrevista à Revista Cidade Verde, considerou uma "aberração" a realidade do Piauí e lembrou que a presença de policiais militares fazendo a guarda patrimonial de órgãos estaduais fere o princípio da eficiência e traz prejuízos à comunidade.

A Rede de Controle é formada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal, Controladoria Geral do Estado e da União, Tribunal de Contas do Estado e da União, Denasus, Receita Federal e Advocacia Geral da União.


Ao receber o documento, o TCE aprovou em plenário uma audiência pública para discutir o assunto com os gestores responsáveis pela segurança pública do Estado - o comandante da PM, coronel Carlos Augusto e o secretário Fábio Abreu.

Essa é uma das matérias de destaque da Revista Cidade Verde, edição 183, que já está nas bancas. Mais informações e assinaturas, acesse: www.revistacidadeverde.com.br.

Jordana Cury
Com informações de Cláudia Brandão.
redacao@cidadeverde.com

Imprimir