Cidadeverde.com
Geral

Gari é morto com três tiros nas costas; motivo seria passional

Imprimir

Foto: Graciane Sousa/ Cidadeverde.com

Vítima foi assassinada nessa via pública

O gari identificado como Manoel Macedo de Sousa Silva, 21 anos, foi morto com três tiros pelas costas na noite desta terça-feira (20).  O coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta, conta que o crime teria motivação passional. 

Coincidentemente, um dos disparos acertou a tatuagem no corpo da vítima onde havia escrito "Valéria", mulher que teria sido o motivo das desavenças entre os dois. 

"A Valéria namorou com a vítima por 30 dias. Eles terminaram e a mulher passou a se relacionar com o Jorge, que é o acusado. A vítima nunca aceitou isso e os dois trocavam ameaças de morte", explica Baretta.

O crime ocorreu por volta de 19h, no conjunto Frei Damião, zona Sudeste de Teresina. O suspeito identificado apenas como Jorge não foi localizado. Com Manoel não foi encontrado arma de fogo, apenas um óculos que estava no cós da calça.

"Não há como alegar legítima defesa, pois foram três tiros pelas costas. Minutos antes do crime, a vítima teria ido à casa de um amigo dizer que ia matar o Jorge, mas acabou sendo morto em seguida. Um dos tiros acertou a tatuagem da vítima simbolizando o fim do amor deles", acrescenta Baretta.  

Ao ser alvejado, Manoel estava em uma motocicleta que foi entregue à família pela própria Valéria, conhecida popularmente como Ruiva. 

"Ela também sumiu e vamos localizá-la, pois parece que ela estava na cena do crime ou bem próximo ao local já que foi a pessoa que foi entregar a moto de Manoel em casa", reitera o delegado. 

Manoel trabalhava na área de varrição e capina. Ele deixa um filho de cinco anos de idade. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir