Cidadeverde.com
Geral

Novo tomógrafo do HGV vai agilizar exames e melhorar atendimento

Imprimir

Já está em funcionamento o novo tomógrafo do Hospital Getúlio Vargas (HGV). Com 64 canais e capacidade para fazer reconstruções de até 128 canais, permite um ganho na qualidade, quantidade e variedade dos exames a serem realizados. Tudo com rapidez, resolução das imagens em 3D e maior segurança para o paciente, pois apresenta reduzidos níveis de radiação. Avaliado em  R$ 2.466.000, o equipamento teve como fonte de recursos, o Ministério da Saúde.

A diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz, explica que o moderno aparelho irá beneficiar não somente os pacientes internados no hospital, mas que também serão ofertadas vagas para outros usuários da rede do Sistema Único de Saúde. 

O coordenador do Serviço de Radiologia do HGV, Daniel Barbosa, diz que essa nova aquisição significa um grande avanço na qualidade dos serviços prestados pelo hospital, pois é um dos dois melhores tomógrafos do Piauí, sendo o único da rede pública de saúde do estado com tamanha tecnologia. "Além de apresentarem uma excelente nitidez, as imagens também são geradas com muito maior quantidade. Enquanto nosso antigo aparelho gerava 60 imagens, este gera até três mil, o que proporciona diagnósticos mais minuciosos e precisos", destaca o médico.

Outra vantagem apontada por Daniel Barbosa é a agilidade com que acontecem os exames, o que faz aumentar o número de pessoas beneficiadas. "Procedimentos que antes levavam minutos, ficam prontos em segundos. Uma tomografia de abdômen total, por exemplo, é feita em apenas 20 segundos", pontua.

Ainda segundo o coordenador, será possível realizar exames que antes não eram feitos pelo HGV, como nas áreas de cardiologia e vascular. "É o caso das tomografias do coração e coronárias, e das angiotomografias vasculares das carótidas e artérias dos membros inferiores. Exames que nenhum outro hospital da rede pública do Piauí realiza hoje", completa o coordenador.

Para o presidente da Fundação Hospitalar do Piauí, Pablo Santos, a chegada do equipamento representa mais agilidade e rapidez nos exames, refletindo diretamente no aumento de atendimentos e reduzindo o tempo de espera do paciente. "O novo equipamento otimiza o atendimento, já que o diagnóstico fica mais rápido e melhora o fluxo dos serviços. Os pacientes também ganham um serviço de excelente qualidade, assim como, beneficia a rede hospitalar do Estado, já que também ofertaremos exames para outras casas", ressalta Pablo.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir