Cidadeverde.com
Esporte

Sheik brilha e Corinthians vira líder na Libertadores

Imprimir
  • LARA-6.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • LARA-5.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • LARA-4.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • LARA-3.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • LARA-2.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • LARA-1.jpg Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Aos 39 anos, Emerson Sheik voltou ao Corinthians rodeado de desconfiança. Velho? Ainda tem algo bom a oferecer? Dúvidas alimentadas por um contrato de três meses de duração. Mas Sheik não demorou para afastar a pulga atrás da orelha do corintiano e, ao seu modo, volta a marcar terreno. Nesta quarta-feira, ele foi novamente peça-chave e abriu caminho para a vitória do Timão por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara (VEN), no primeiro jogo na Arena nesta Libertadores. Segundo gol do atacante, que já havia decidido o confronto com o Mirassol, na quarta-feira da semana passada. Nada mal.

Tudo enroscado? Chama o Sheik
O Corinthians passou todo o primeiro tempo com dificuldade de penetrar na defesa do retrancado e ineficiente Deportivo Lara. Sem Jadson e com Rodriguinho e Sheik enfiados, a criação se restringia a jogadas individuais de Clayson. Voltou para o segundo tempo até pior. Até que aos 19 minutos Sheik entrou em cena. O atacante começou a jogada abrindo a bola na ponta e foi para a área. Romero, até então muito apagado, cruzou na medida. Sheik fez de cabeça, e a cabeça dos corintianos: 1 a 0 Timão. Ufa!

Podia ter sido antes
O Corinthians criou pouco, é verdade, mas podia ter saído do primeiro tempo vencendo. Isso porque houve duas penalidades não assinaladas. Uma em Romero, numa saída forte do goleiro Salazar, mas o árbitro tinha marcado impedimento que não houve na jogada. E outro em Balbuena, que foi puxado dentro da área após cobrança de falta. A torcida e os corintianos chiaram.

Vai, Rodriguinho!
Um dos principais jogadores do time no ano, Rodriguinho atingiu uma marca expressiva na partida: 150 jogos com a camisa do Timão. Recebeu placa antes do jogo. Mas não correspondeu em campo, errando muito. Até que aos 31 minutos do segundo tempo, ele tentou cruzar, a bola resvalou em Pernía e foi para as redes. Gol contra, mas comemoração de Rodriguinho. O placar estava decretado.

Liderança e que venham os hermanos
Com a vitória, o Corinthians ultrapassou o Lara e assumiu a liderança do grupo 7 com quatro pontos. Nesta quinta-feira, acompanha o duelo entre Independiente (ARG) e Millonarios (COL) em Buenos Aires. E que venha o Independiente, adversário na próxima rodada, no distante 18 de abril.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 DEPORTIVO LARA-VEN
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 24/1/2018 - 21h45
Árbitro: Raul Orosco (BOL)
Auxiliares: Edwar Saavedra (BOL) e Reluy Vallejo (BOL)
Público/renda: 31.524 pagantes/R$ 2.095.062,95
Cartões amarelos: Júnior Dutra (COR), Andreutti e Pernía (DLA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Emerson Sheik (19'/2ºT) (1-0), Pernía (contra) (31'/2ºT) (2-0),

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon (Mateus Vital, aos 17'/2ºT); Romero, Rodriguinho e Clayson (Pedrinho, aos 43'/2ºT); Emerson Sheik (Júnior Dutra, aos 23'/2ºT). Técnico: Fábio Carille.

DEPORTIVO LARA: Salazar; Aponte, Mendoza, Pernía e Chaurant; Sierra e Andreutti; Reyes (Cardozo, aos 37'/2ºT), Pedro Ramírez e Soto (Valderrey, aos 30'/2ºT); Jesús Hernández (Jesús González, aos 23'/2ºT). Técnico: Leonardo González.

Fonte: Lance!

Imprimir