Cidadeverde.com
Últimas

Palmeiras reúne 37 mil em treino antes da decisão do Paulistão

Imprimir
  • alianz-21.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-20.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-19.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-18.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-17.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-16.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-15.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-14.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-13.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-12.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-11.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-10.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-9.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-8.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-7.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-6.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-5.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-4.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-3.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-2.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • alianz-1.jpg Fotos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Allianz Parque lotado, festa nas arquibancadas, músicas, bandeirão e comemoração de gols. Até parecia jogo do Palmeiras na Arena, mas era apenas o treino da equipe de Roger Machado na véspera do Derby do Século, que definirá o campeão paulista de 2018 em clássico contra o Corinthians, às 16h (de Brasília).

Mais de 37 mil ingressos foram trocados por alimentos. O clima foi de apoio total. Gritos como “olêlê, olálá o Borja vem aí e o bicho vai pegar” e “Dudu, guerreiro”, esquecidos neste ano, voltaram a ser entoados. Todos os atletas do elenco tiveram os nomes ovacionados, incluindo o recém-promovido Fernando e o volante Felipe Melo, fora da final, mas um dos mais celebrados.

Na entrevista coletiva de sexta-feira, Roger avisou que não iria dar mostras de sua equipe, mas mudou de ideia nesse sábado. Sem poder contar com Felipe Melo, os titulares escolhidos pelo comandante foram Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Bruno Henrique, Moisés e Lucas Lima; Dudu, Willian e Borja.

Após um trabalho de bolas paradas, os atletas disputaram um rachão que teve clima de jogo oficial pela torcida. A diferença é que não importava de qual lado saíam os gols, a festa dos torcedores era a mesma (e intensa).

Após o final das atividades, os jogadores se reuniram no centro do gramado para aplaudir os torcedores e foram saudados por todos. Os atletas então distribuíram bolas e outros materiais aos presentes em todos os setores do estádio. Quem estava mais alto, pôde disputar uma das mais de 30 bolas chutadas pelos palestrinos.

O presidente Mauricio Galiotte e o diretor Alexandre Mattos ainda completaram uma volta pelo gramado saudando os torcedores. “Viram quantas pessoas de comunidades carentes? Fiquei muito feliz, estão conhecendo o Allianz pela primeira vez”, disse o mandatário.

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Imprimir