Cidadeverde.com
Últimas

Enfermeiros e técnicos do hospital infantil farão capacitação

Imprimir

Atendendo a uma proposição do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren), a Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh) oferece a partir desta segunda-feira, 23, um cronograma de capacitação para enfermeiros e técnicos do Hospital Infantil Lucídio Portela. O objetivo é promover a melhoria da qualidade da assistência de enfermagem, pautada na humanização e segurança.

A coordenadora de Gestão e Cuidados da Fundação Hospitalar, Aldeane Moreira, explica que a enfermagem é responsável, em âmbito hospitalar, por promover uma assistência de qualidade, visando a segurança do paciente de forma a minimizar a ocorrência de quaisquer danos e por isso, a necessidade de capacitação permanente desses profissionais. 

"As palestras visam proporcionar troca de conhecimento, bem como reflexão crítica da equipe de enfermagem, e consequentemente aumento da qualidade nos processos de trabalho", destaca.

Aldeane conta que a finalidade prático e direta das palestras é capacitar, orientar e reciclar o conhecimento técnico dos profissionais da instituição, levando em consideração as necessidades de cada unidade de serviço, de forma que continue a realizar de forma periódica. 

"Vamos estimular os profissionais a participarem da educação permanente, implantar e executar os manuais de normas e rotinas e procedimentos operacionais padrões (Pops), além de motivar e instruir toda equipe na execução de suas atividades embasadas nos protocolos e normas implantados", acrescenta.

Serão abordados os seguintes temas: novo código de ética da enfermagem, aspiração oro traqueal, assistência humanizada aos pacientes e familiares, avaliação neurológica , identi­ficação do paciente e medi­cação (dupla checagem), segurança do paciente: prática de higiene das mãos em serviço de saúde, segurança do paciente: prevenção de úlcera por pressão e coberturas, qualidade na assistência de enfermagem, infecções associadas à as­sistência à saúde e cuida­dos de longa permanência, segurança do paciente: cirurgia segura , cuidados com a cavidade oral, manejo com ventilação mecânica invasiva e não invasiva pediátrica, administração de dieta enteral e parenteral, manejo com bomba de infusão, cálculo de medicamentos, segurança do paciente: prevenção de quedas, manejo com drenos e cateter e sondas.

As palestras acontecerão semanalmente e vão até junho, quando os participantes receberão ao final, um certificado expedido pelo Coren.


redacao@cidadeverde.com

Imprimir