Cidadeverde.com
Últimas

Três mil pessoas devem regularizar títulos eleitorais; prazo termina hoje

Imprimir

Reprodução TV

Hoje(09) é o último dia para o eleitor piauiense, que estiver com o título cancelado, regularizar sua situação eleitoral. O prazo vale também para realizar alistamento, solicitar transferência de domicílio eleitoral e revisão de suas informações que constam no cadastro eleitoral. A expectativa é que três mil pessoas sejam atendidas na Central do Eleitor em Teresina. 

As longas filas iniciaram antes das 5 horas e senhas estão sendo distribuídas na porta. A maior parte das pessoas afirma que é o "mal do brasileiro de deixar para última hora". 

De acordo com a diretora do TRE, Núbia Fontenele, cerca de 10% dos eleitores têm alguma irregularidade e só têm até hoje para ficar quite com a Justiça Eleitoral se quiser votar nas eleições deste ano.

“Qualquer tipo de regularização, eleitor deve trazer a identidade e o comprovante de residência o original e a cópia. Pode pedir transferência, mudança de nome e pedir a segunda via do título. O prazo termina hoje para esta eleição. Isso não impede que os peça os serviços o ano todo, mas não poderá votar neste ano”, destacou.

Entre os dias 10 de maio e 4 de novembro de 2018, o cadastro eleitoral estará fechado não sendo possível realizar inclusão de novos eleitores, nem alterações nas informações constantes no sistema.

Para regularizar a sua situação o eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral, à Central de Atendimento ao Eleitor ou ao Posto de atendimento da sua Zona. 

Documentos necessários

Para regularizar a situação com a Justiça Eleitoral, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação (RG, CNH, Carteira de Trabalho ou Carteira Profissional) e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel). Os comprovantes de residência devem constar o nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos). Para homens maiores de 18 anos, além dos documentos citados acima, é necessário apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar, no caso de alistamento.

Os eleitores que não votaram nem justificaram ausência nas últimas três eleições tiveram seus títulos cancelados e devem procurar a Justiça Eleitoral para regularizar as suas situações.

 
Caroline Oliveira
redacaçã[email protected] 

Imprimir