Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Comitê do SBT Nordeste se reúne na sede da TV Cidade Verde e define ações integradas

Imprimir
  • sbt1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • sbt3.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • sbt2.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite1.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite_2.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite3.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite4.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite5.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite6.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite7.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite8.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite9.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite10.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite11.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • comite13.jpeg Wilson Filho/Cidadeverde.com

Na manhã desta sexta-feira (11), o Comitê Gestor do SBT Nordeste esteve reunido na sede da TV Cidade Verde para definir ações integradas e avaliar projetos como a Copa Nordeste e São João da Tradição.

Representantes do Piauí, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Maranhão e Alagoas conheceram as instalações do grupo Cidade Verde  antes de iniciarem as discussões, visitando portal, revista e as instalações da TV Cidade Verde.
 
O tema central da reunião do comitê foi fazer uma avaliação do primeiro semestre deste ano, destacando a realização da Copa do Nordeste pela primeira vez transmitida pela emissora no Nordeste e o planejamento do São João da Tradição. Assuntos administrativos também estiveram na pauta da reunião.

O superintendente da TV Cidade Verde, Adala Canib, falou da satisfação em receber esta reunião em Teresina. “É uma honra, uma alegria para nós aqui da Cidade Verde estar recebendo hoje os colegas da SBT Nordeste. Estão aqui os diretores executivos para nós discutirmos assuntos administrativos e a Copa do Nordeste que é uma conquista do comitê, que está indo muito bem e é um projeto muito importante do nosso comitê. E o São João da Tradição, ao logo de quase 20 anos é o nosso forte”, disse.

A reunião do comitê acontece a cada dois meses em um estado do Nordeste e a união destas forças é que vem fazendo a diferença nos projetos desenvolvidos pela emissora. “Copa do Nordeste veio para ter uma relevância muito grande em todo o Nordeste e diria que hoje veio com essa dimensão regional, com tanta força quanto o São João da Tradição, que já é também um dos nossos maiores projetos”, enfatizou o coordenador do comitê, Vladimir Melo, da TV Jornal de Recife (PE).

“Essa reunião é para discutirmos as pautas, trocarmos ideias, trocarmos as nossas boas práticas. Afinal de contas o Nordeste é muito grande e a regionalização dentro da própria região também é importante por conta das diferenças que existem”, acrescentou Vladimir.

A Copa do Nordeste está sendo transmitida pela primeira vez pelo SBT Nordeste e tem parceria com o Esporte Interativo, realizador da competição. Os jogos são transmitidos somente para o Nordeste pelo SBT, mas a expectativa é que os jogos da fase final sejam transmitidos também em rede nacional.

“Existe esta expectativa, mas nada ainda concretizado. Estamos negociando esta possibilidade, o que daria uma visibilidade maior na tv aberta da competição”, confirmou Vladimir Melo.

Troca de experiências 

O setor comercial das emissoras hoje é o que move e impulsiona os projetos em andamento e os novos, que estão por vir. Então, o direcionamento da reunião do Comitê Gestor também é discutir estratégias e experiência comercial de sucesso dentro das emissoras.

Ney Bandeira, representante da TV Aratu (BA), enfatizou a importância desta troca de experiências no setor comercial da emissora, como forma de fortalecer os projetos desenvolvidos no Nordeste. “Nosso mercado regional tem algumas limitações, sobretudo para a gente fazer investimentos em projetos que saiam do padrão normal das emissoras, de fazer jornalismo e programação local. Esta reunião sobre este título de “SBT Nordeste” nos dar muita força de mídia fora da reunião. Só isso já justifica bastante”, disse Ney Bandeira.

“Além disso, há a possibilidade de integração, de troca de experiência da realidade de cada um, embora estejamos no Nordeste, que tem uma unidade, mas também há uma diversidade grande, seja das emissoras, como dos mercados”, acrescentou. “Assim abrimos portas fora no Nordeste”, finalizou.

 

Flash Erica Maciel Paz
redacao@cidadeverde.com

Imprimir