Cidadeverde.com
Cidades

Filho de vereador é suspeito de matar autônomo em Alagoinha com 5 tiros

Imprimir

Foto Ilustrativa: CidadesnaNet

Um adolescente de 16 anos, filho do presidente da Câmara de Alagoinha, o vereador Luis Alves Gonzaga (PTB), é o principal suspeito de matar o autônomo Diego Francisco da Silva, de 23 anos, na noite de ontem(13), em um bar em Alagoinha (a 379 km de Teresina). 

De acordo com o delegado Aureliano Barcelos, titular da Delegacia Regional de Pio IX, as testemunhas informaram que a vítima estava acompanhado de uma mulher quando o adolescente chegou. 

“Não ouve muita conversa não. Ele só mandou a mulher se afastar e efetuou os disparos. A motivação ainda estamos investigando, mas a autoria é certa, porque o advogado já entrou em contato dizendo que vai apresentá-lo”, explicou o delegado Aureliano Barcelos. 

 O comandante do Grupamento da Polícia Militar de Alagoinha, sargento Raimundo Rodrigues, disse que encontrou cinco cápsulas deflagradas e que o crime ocorreu por volta das 19h30. 

“O crime foi no bar Da Placa, com cinco disparos. Na hora do acontecido fui acionado, isolei a área e entramos em contato com o delegado e a perícia. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Picos”, afirmou o sargento Rodrigues. 

O Cidadeverde.com entrou em contato com o pai do adolescente, o vereador Luisão, que disse estar abalado com o que o filho fez. 

“Não era o que eu queria, nem desejava e nem mandava. Vou entregá-lo à Justiça de quarta para quinta-feira e as leis existem para decidir o destino dele. Não estou sabendo os motivos. Não esperava isso, nem a mãe dele e a irmã”, afirma o vereador quer tem cinco filhos e este é o caçula. 

     

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Imprimir