Cidadeverde.com
Cidade Verde Amarela

Veteranos da seleção espanhola tentaram evitar demissão de técnico

Imprimir

MOSCOU, RÚSSIA (FOLHAPRESS)

Os jogadores mais veteranos da seleção espanhola tentaram manter Julen Lopetegui como treinador. Não achavam ser o momento de mudança, a dois dias da estreia da seleção na Copa do Mundo. O presidente da federação do país, Luis Rubiales, não lhes deu atenção e se livrou do técnico mesmo assim.

Sergio Ramos, Anders Iniesta, David Silva, Gerard Piqué, Sergio Busquets e Pepe Reina conversaram com o dirigente e solicitaram que ele deixasse o orgulho de lado e não fizesse uma mudança tão importante na comissão técnica.

Lopetegui caiu nesta quarta (13) por ter aceitado assumir o comando do Real Madrid após a Copa do Mundo e sem informar a Real Federação Espanhola sobre o assunto. Ele tinha contrato com a seleção até a Eurocopa de 2020. Na última segunda (11), o Real Madrid divulgou a contratação.

"A maneira como as coisas acontecem é importante. Não podemos ficar sabendo [da contratação] cinco minutos antes", se queixou Rubiales.

Lopetegui deixou a concentração da equipe em Krasnodar e vai voltar para a Espanha. Apenas na chegada falará com a imprensa. O presidente não soube explicar como fica a questão da multa rescisória do treinador, de 2 milhões de euros (R$ 8,7 milhões).

O substituto de Lopetegui será o ex-zagueiro Fernando Hierro, 50, que já estava com a delegação espanhola em Krasnodar, onde acontecem os treinos, porque ocupa o cargo de secretário de seleções.

A Espanha estreia no Mundial nesta sexta (15), contra Portugal, em Sochi.

Voltar Cidade Verde Amarela
Imprimir