Cidadeverde.com
Cidade Verde Amarela

Nunca me perdoaria se negasse convite da Espanha, diz novo treinador

Imprimir

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Fernando Hierro ocupava até a manhã desta quarta-feira (13) o cargo de diretor esportivo da Federação Espanhola. Com a demissão de Julen Lopetegui, a vaga de técnico da seleção da Espanha caiu no colo do ex-jogador.

Nesta quinta-feira (14), ele falou sobre a reviravolta e declarou que não poderia dizer negar o convite feito às vésperas da Copa do Mundo.

"Nunca me perdoaria se negasse", disse Hierro, que teve breve experiência como treinador no Oviedo, além de ter sido assistente técnico do Real Madrid.

"Quando o presidente [da federação] me comentou sobre a possibilidade de assumir, eu tinha três alternativas: dizer que não, sair [da federação] ou estar presente com a seleção, sabendo que há um grupo de jogadores, uma comissão, uma federação. O momento é de dar um passo à frente", comentou o novo técnico da Fúria.

Hierro reiterou que sua função será manter a metodologia aplicada por Lopetegui. O treinador disse que não há tempo para grandes mudanças.

"As circunstâncias são essas e aceito com valentia, como não poderia ser de outra forma, pensando que já estamos trabalhando há dois anos para este Mundial."

A Espanha inicia sua campanha na Copa do Mundo nesta sexta (15), às 15h (horário de Brasília), contra Portugal.

Voltar Cidade Verde Amarela
Imprimir