Cidadeverde.com
Últimas

Piauí e mais 5 estados elevam média de mortalidade infantil no Brasil

Imprimir

Após 26 anos a taxa de mortalidade infantil voltou a subir no Brasil. Os dados são do Ministério da Saúde referentes ao ano de 2016 e divulgados em levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo.

O Piauí integra o rol dos estados em que as mortalidades ultrapassaram a média nacional juntamente com mais 5 unidades da Federação (Amapá, Amazonas, Bahia, Pará e Roraima).

A média nacional contabiliza um aumento de cerca de 5% nas mortalidades infantis, enquanto o Piauí somado aos outros estados tiveram mortalidade média de 19,6%, o que representa um aumento de 14,6%.

Os dados contrastam com a realidade pelo qual vinha passando o Brasil, onde as taxas de mortalidade infantil desde os anos 1990 apresentavam redução anual de 4,9%, bem superior à média global estabelecida pela Unicef (Fundo das Nações Unidades), que era de 3,2 até o ano de 2017.

Os motivos, segundo os especialistas entrevistados pela Folha, são a crise econômica e o vírus da Zika. Junto a isso, a redução no número de nascimentos agravou os números. Com a redução de recursos e a estagnação de programas sociais mortes associadas a diarreias e pneumonias  foram as grandes causas de mortalidade infantil.

"Políticas de proteção social não podem sofrer cortes nem ajuste orçamentário para o equilíbrio das contas públicas. Isso impacta muito na sobrevivência das famílias pobres e extremamente pobres", disse à Folha Denise Cesario, gerente executiva da Fundação Abrinq.

Os únicos estados que registraram queda na taxa de mortalidade infantil referente ao ano de 2016 foram Rondônia, Acre, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraná, Santa Catarina e Distrito Federal.

 

Rodrigo Antunes
[email protected]

Imprimir