Cidadeverde.com
Política

PT fará reunião para discutir proposta do governador Wellington Dias

Imprimir


Foto:Ascom

A direção estadual do PT irá reunir os pré-candidatos da sigla em reunião que deve ocorrer nesta quinta-feira (19). O encontro tem como objetivo avaliar  proposta feita pelo governador de que a sigla abra mão da chapa pura proporcional em nome de ter a vaga de vice com a senadora Regina Sousa (PT).

Para o governador Wellington Dias, todos os partidos terão que ceder em uma das reivindicações para conseguir outra. Ao abrir mão da chapa pura, o PT garante a permanência no governo do Estado, caso Wellington Dias renuncie ao posto para ser candidato ao Senado federal, em 2022, se for reeleito agora em 2018.

Em contrapartida, o MDB desistira da vaga de vice para ter o chapão proporcional. Se o partido aceitar a proposta, a participação da sigla na chapa majoritária será com o deputado federal Marcelo Castro na vaga de senador. Com a coligação única dos aliados, o partido pode ter a garantia de manter a maior bancada na Assembleia Legislativa do Estado e manter forte influência na casa.

O PT está dividido com relação a qual posição adotar. A ala mais ligada ao presidente da sigla, deputado Assis Carvalho, não quer abrir mão da chapa proporcional na disputa por vagas na Assembleia. 

A expectativa da sigla é que da reunião de hoje possa sair uma definição. 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir