Cidadeverde.com
Geral

Polícia investiga pichações alusivas a facção criminosa do Maranhão

Imprimir

 

As autoridades de segurança do Piauí estão monitorando a atuação de uma facção criminosa do estado do Maranhão denominada “Bonde dos 40”. Nas últimas semanas, pichações em bairros da zona sul de Teresina trazem mensagens alusivas ao grupo criminoso, que atua dentro de presídios e obriga detentos a atuarem quando saem da prisão.

No bairro Santo Antônio, zona sul de Teresina, pichações trazem mensagens como “B.40 é nós. Caçadores de Alemão”, forma como chamam seus desafetos. Até a sede da associação de moradores do bairro teve a frente pichada com a frase “Tudo nosso”, um temo com sentido de dominação. O local fica a poucos metros da casa de familiares de um traficante da região.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito atua em roubos a banco e está em liberdade com monitoramento por tornozeleira. O sistema prisional também está em alerta já que muitos presos aderem ao grupo por questões de sobrevivência.

“A partir do momento que eles passam pra facção, eles passam a atuar em nome da facção e com intuito maior que eles cometam crimes na parte de fora para gerar receitas, seja com tráfico de drogas, seja com tráfico de armas”, disse o assistente militar da Secretaria de Justiça, Tenente Coronel Luis Antonio Pitombeira.

A partir de agora, um esforço integrado entre as polícias e a Secretaria de Justiça irá intensificar as investigações, para evitar o que a Polícia Militar denomina ser uma tentativa de instalação da facção no estado.

Rodrigo Antunes
[email protected]

Imprimir