Cidadeverde.com
Últimas

Bandidos encapuzados fecham rua e dão mais de 30 tiros para matar mecânico

Imprimir

O mecânico Francisco Lopes da Silva, 38 anos, sofreu um atentado na porta de casa na Vila Costa Rica, zona Sul de Teresina. De acordo com a Polícia Civil, quatro bandidos encapuzados fecharam a rua e efetuaram mais de 30 disparos de arma de fogo contra a vítima que estava na porta da residência com a esposa e duas filhas. Esse é o segundo atentado contra o mecânico em menos de uma semana. 

"A esposa conta que ele pediu para uma pessoa comprar um arrumadinho e ficou esperando. De repente, quatro homens encapuzados, fecharam a rua com um carro cinza e foram atirando. Foram mais de 30 tiros, sendo que sete atingiram a vítima", contou um investigador do 13º Distrito Policial. 

O caso ocorreu por volta de 20h, desta quarta-feira (08). As marcas de tiros ficaram pela residência. De acordo com testemunhas, após ser baleada, a vítima tentou escapar, mas caiu na garagem de casa, momento em que foi alvejada com mais tiros. 

A Polícia Civil investiga se a tentativa de homicídio seria motivada por vingança.

"A esposa conta que mataram uma pessoa do submundo do crime há cerca de dois meses e estão jogando a culpa nele. No fim de semana, a vítima já havia sido perseguida após sair de um baille de reggae. Desta vez, acreditaram que tinham matado", resumiu o investigador. 

O mecânico foi submetido a cirurgia e segue entubado e sedado no Hospital de Urgência de teresina (HUT) em estado grave. Os tiros atingiram a região do tórax e abdômen. 

Até o momento, ninguém foi preso, mas há informações de que um dos atiradores usava tornozeleira eletrônica. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir