Cidadeverde.com
Entretenimento

“Se ele fosse gay, não teria problema”, diz Sandy sobre filho

Imprimir


Em meio às críticas desde o último dia 21, quando Lucas Lima revelou em seu Instagram que o filho, Theo, brinca com bonecas, Sandy resolveu se pronunciar a respeito da polêmica. A cantora declarou que não vê nenhum problema com isso e que cria o herdeiro, de 4 anos, sem amarras.

“Não imaginamos que pudessem ter tantas reações, como isso fosse uma grande coisa, sabe? E, se quiser saber mais a fundo, se ele fosse ou virasse gay, não teria nenhum problema com isso também. Somos todos iguais, todos irmãos”, disparou ao jornalista Amaury Jr.

E explicou: “Ele brinca com bonecas, bonecos, carrinhos, bola. A gente não coloca nenhuma restrição. Na nossa concepção, não existe isso de brinquedo de menina e menino. A gente está criando ele para não ser uma pessoa machista, sexista e preconceituosa”.

Entre os comentários de mau gosto, internautas chegaram a afirmar que o menino poderia ter sua sexualidade influenciada por se divertir com o brinquedo.

Em contrapartida, outros defenderam. “Exemplo de pai”, afirmou uma admiradora. “Por mais pais como vocês”, disse outro. Já uma terceira ressaltou: “Deixa a criança se criança”.

 

 

Fonte: Famosidades

Imprimir