Cidadeverde.com
Esporte

Evento da Fifa reforça status de Mbappé como ameaça a Neymar ao topo

Imprimir

CAIO CARRIERI
LONDRES, REINO UNIDO (UOL/FOLHAPRESS)

"Na última Copa do Mundo todo o planeta conheceu a mais nova estrela do futebol".

A frase do ator britânico Idris Elba na abertura do evento The Best, da Fifa, na última segunda-feira (24), sintetiza o status alcançado por Kylian Mbappé logo aos 19 anos. À exceção dos finalistas dos prêmios individuais, o francês foi o nome mais celebrado durante a cerimônia, o que ratifica a condição como uma das principais ameaças a Neymar nas próximas edições -isso se o brasileiro retomar o bom desempenho.

Primeiro jogador com menos de 20 anos desde Pelé a marcar um gol na final de um Mundial, Mbappé já havia faturado o troféu de revelação na Rússia.

Além de relembrar a honraria nesta segunda, a Fifa ressaltou, por meio da mestre de cerimônia Anne-Laure Bonnet, os elogios do Rei ao campeão do mundo. Vestido com um traje discreto e sentado na terceira fileira do auditório do Royal Festival Hall, em Londres (ING), o atacante abriu um sorriso de garoto para responder os comentários de Pelé.

"Estou muito feliz por receber as saudações de um dos maiores de todos os tempos. Isso é uma motivação ainda maior para conquistar mais títulos e prêmios", disse em francês o quarto melhor do mundo, que só não esteve entre os finalistas por apenas 0,71% de diferença para o atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, terceiro colocado.

Em mais um momento de destaque que teve durante a noite, o astro do Paris Saint-Germain ainda estreou na seleção da temporada. Na vaga que Neymar ocupou em 2017, Mbappé formou o ataque da equipe ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que não compareceram à solenidade.

Neymar, por outro lado, amargou ausência do top 10 geral pela primeira vez após cinco edições seguidas entre os indicados. No ano passado e em 2015 ele ainda alcançou o pódio e ficou em terceiro.

A única menção ao capitão da seleção brasileira no evento aconteceu logo no clipe de apresentação inicial da noite, com uma imagem do camisa 10 na estreia na Copa diante a Suíça - quando virou motivo de piada nas redes sociais por causa do corte de cabelo extravagante.

Confira a lista de vencedores na premiação The Best:

Melhor jogador (futebol masculino): Modric
Melhor jogadora (futebol feminino): Marta
Premio Puskás (gol mais bonito): Mohamed Salah
Melhor técnico (futebol masculino): Didier Deschamps
Melhor técnico (futebol feminino): Reynald Pedros
Melhor goleiro: Thibaut Courtois
Melhor torcida: Peruanos na Copa do Mundo
Fair Play: Lennart Thy

Seleção da temporada: David De Gea (Manchester United/Espanha); Dani Alves (PSG/Brasil), Sergio Ramos (Real Madrid/Espanha), Raphael Varane (Real Madrid/França) e Marcelo (Real Madrid/Brasil); Luka Modric (Real Madrid/Croácia), N'Golo Kanté (Chelsea/França) e Eden Hazard (Chelsea/Bélgica); Lionel Messi (Barcelona/Argentina), Kylian Mbappé (PSG/França) e Cristiano Ronaldo (Juventus/Portugal)

Imprimir