Cidadeverde.com
Política

Charles da Silveira assume FMS e cobra repactuação de recursos

Imprimir
  • ebda78c1-1825-460c-8998-b4ecfc8654c0.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • e777728a-730b-4c2e-b1f4-23cd382c08bd.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • e69e6d30-0911-4d28-a24a-4c4836452aaa.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • e5d09623-d904-4183-a162-e5dde258cd4f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • cefb0723-c6c8-4d46-8cee-392ca1f3f78f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • c153b14c-3d3f-4501-968d-268fc19d7156.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ac4569e3-4b61-4a5b-a32e-1f38a247bff6.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • a2b8d31b-0e68-423a-a246-930ff1bf3f8b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 90912ed8-ef35-4835-8bc2-b6a646818543.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 037859a4-dc99-4c90-878c-e67becc19223.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 28831ca1-0039-4941-b4a3-b7ca7ded4ae8.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 12836df0-e32f-4c90-9cda-f3b3514b9f7f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9854b41b-6e06-49bc-b23a-d350ef1c26b9.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 2825bc06-73bd-4692-adb5-e288525e097a.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 90a18b67-5af2-4af3-86fb-df5f0125a6f1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9f3a2c2a-b668-4108-b8d5-f6bdc5e6aeb2.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9be3b1e0-96e0-463f-9f47-e0fbc4618529.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 8d2e6a3b-2c8f-45fc-8a6a-b239ad858475.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 8c947cea-c543-46dc-86e3-e1a4411b2ac4.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 5f630dfd-ee2c-4424-873e-52e40ef63918.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 3b6e643e-c439-4547-bb30-df7725e810d8.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

Charles da Silveira tomou posse como presidente da Fundação de Saúde (FMS) de Teresina, em cerimônia no Palácio da Cidade, nesta sexta-feira (26). Na ocasião, ele defendeu a repactuação da distribuição dos recursos de Saúde paraTeresina.

Segundo ele, Teresina tem prejuízos a atender pacientes de outras cidades e estados, já que o dinheiro repassado não corresponde ao que realmente é gasto.

"Assumimos a Fundação com o compromisso de melhorar o atendimento das Unidades Básicas de Saúde, de nossos hospitais e o Hut", disse.

Charles defende o diálogo entre os entes públicos. "Isso só será possível se dialogando com o governo do Estado e com os entes participando de forma efetiva da gestão dessas unidades. Temos um corpo qualificado que busca atender as demandas e necessidades da nossa população. Temos consciência das deficiências que são fruto do co-financiamento . Atendemos uma quantidade imensa de pessoas que são de outros municípios e precisamos rediscutir a forma de um processo de participação dos municípios onde atendemos muita gente do interior. Os estados e municípios devem ajudar", afirmou.

O novo presidente da FMS pede a colaboração de todos. "Existe um pacto firmado que há uma distribuição pela quantidade de pessoas de cada municípios que são atendidas por Teresina. E quando um município X que repassa a Teresina o equivalente a cinco cirurgias torácicas quando na verdade são feitas 15 ou 20. E Teresina tem um prejuízo com os gastos efetivados. Queremos um repactuação da redistribuição desses recursos", destacou.

Foto:WilsonFilho/Cidadeverde.com 

O prefeito destacou a experiência de Charles da Silveira para assumir o cargo de presidente da Fundação. “É importante a chegada do Charles da Silveira porque leva toda a experiência e bagagem que possui. Tem um currículo impressionante. Passou por vários cargos. Tem experiência no setor público e privado. Ele vai para saúde que precisa dessa visão de gestão. Uma gestão integrada com os outros entes. Com as outras prefeituras e estados”, disse. 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir