Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG tira invencibilidade do Inter no Beira-Rio

Imprimir

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Atlético-MG tirou a invencibilidade do Inter no Beira-Rio. Nesta quarta-feira (21), fez 2 a 1, decretando a primeira derrota do time gaúcho em casa neste Campeonato Brasileiro. De quebra, ficou mais perto da Libertadores de 2019. Terans e Cazares fizeram para os mineiros, D'Alessandro para o Inter.

Com o resultado, o Inter deve se focar apenas na conquista da vaga direta na fase de grupo da Taça Libertadores da América. O Atlético-MG, por sua vez, está cada vez mais próximo do torneio continental.

A penúltima rodada coloca os mineiros frente a frente com o Santos, na Vila Belmiro. Já o Inter se despede do Beira-Rio em 2018,contra o Fluminense.

O destaque do triunfo atleticano foi Cazares. Rápido e inteligente com ou sem a bola, o meio-campista não fez apenas o primeiro gol, mas foram dele as principais ações do time mineiro. Mesmo no segundo tempo, quando o Inter passou a atacar em profusão, o equatoriano sempre esteve presente e foi perigoso. E ainda deu assistência para o gol de Terans.

A intensidade não foi arma do Inter na etapa inicial. Mais estático do que costuma ser nos jogos em casa, o Colorado deixou o campo sob uma mistura de vaias e aplausos. Irritados, os torcedores cobraram mais movimentação da linha de frente. Nico, Patrick e D'Alessandro pouco apareceram e Damião, desabastecido, não concluiu uma bola sequer até o fim da etapa inicial.

A conduta do Atlético-MG foi impecável no primeiro tempo. O time visitante se fechou, conteve os avanços laterais do Inter e congestionou o meio. Não autorizando o Colorado a criar oportunidade de gol, ainda aproveitou-se dos jogadores rápidos pelos flancos. Com Chará e Cazares, chegou repetidamente à frente. Até o gol, no fim da etapa inicial, em contra-ataque pela esquerda.

No segundo tempo, o Inter foi para a pressão, com a entrada de Camilo em lugar de Patrick. Mas não foi tão eficiente. O gol de empate só saiu aos 37min em uma cobrança de pênalti. Uma boa jogada de Rossi pela esquerda terminou com falta em Leandro Damião. D'Alessandro cobrou no canto direito e igualou o placar.

O Atlético-MG, porém, não pareceu satisfeito com o resultado e alcançou a virada nos acréscimos. Em boa jogada de Cazares pela direita, o cruzamento terminou nos pés de Terans, que desviou de carrinho para o gol de Marcelo Lomba, aos 48min.

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Fabiano (Juan Alano), Emerson Santos, Víctor Cuesta, Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick (Camilo), D'Alessandro, Nico López (Rossi); Leandro Damião. T.: Odair Hellmann
ATLÉTICO-MG
Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana, Patric; Adilson, Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Juan Cazares, Luan (David Terans); Yimmi Chará, Ricardo Oliveira (Alerrandro). T.: Levir Culpi
Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Juiz: Raphael Claus
Renda: R$ 510.090,00
Público: 25.067 (total)
Cartões amarelos: Adílson (Atlético-MG); Cuesta (Inter)
Gols: Cazares, aos 42min do primeiro tempo, e Terans, aos 48min do segundo tempo (Atlético-MG); D'Alessandro, aos 37min do segundo tempo (Inter)

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir