Cidadeverde.com
Geral

Coleta seletiva cresce 80% em Teresina este ano

Imprimir

O teresinense tem mudado de hábitos e se preocupado mais com o meio ambiente e com a destinação correta dos resíduos que produz. Uma prova disso é o crescimento da coleta seletiva que superou a arrecadação de 2017, que era de 363,25 toneladas, de janeiro a outubro. Em 2018, neste mesmo período, já foram coletados 654,16t de materiais reaproveitáveis por mês.  Sendo o papel o material de maior volume, correspondendo a 49% dos recicláveis recolhidos. 

Para Michelly Noleto, supervisora de Limpeza Pública da secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, o crescimento da coleta seletiva é resultado de uma série de fatores e ações voltadas para a conscientização da população. 

“Podemos pontuar o fácil acesso aos 15 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) distribuídos pela capital e o trabalho diário de educação ambiental, orientando a população da importância da separação do lixo orgânico dos recicláveis, bem como a adesão de condomínios particulares à coleta. Dessa forma, a população primeiramente separa o vidro, papel, metal e plástico em casa e entrega de forma voluntária nos PEVs”, afirma a supervisora. 

Ainda segundo Michelly Noleto, o papel é um dos materiais de maior volume da coleta seletiva, mas que também necessita de uma atenção especial na hora da disposição. “Sempre frisamos para a população que determinados papeis são servem para reaproveitamento, como é o caso de guardanapos usados, caixas de pizza e embalagens de alimentos. Por mais que sejam de papel, esse material já está contaminado e não pode ser reaproveitado. É o mesmo caso para copos, pratos e talheres descartáveis ou recipientes de plásticos com alimentos. Esses itens contaminados com materiais orgânicos devem ser recolhidos na coleta domiciliar, aquela em que o caminhão passa na porta das residências”, completou. 

Sobre a Coleta Seletiva 

 A população pode colaborar separando o papel, plástico, metal e vidro para levá-los em um dos 15 Postos de Entrega Voluntária (PEV) disponíveis em todas as zonas de Teresina. Condomínios podem aderir à coleta seletiva e solicitar o recolhimento gratuito dos materiais entrando em contato com a coordenação de limpeza da Semduh por meio do (86) 3221-7050. 

O material coletado é doado para cooperativas de catadores de lixo que garantem sua renda vendendo esse material para empresas que realizam o processo de reciclagem. 

Pontos de Entrega Voluntária (PEV) em Teresina: 

 – Cabral – Praça Edgar Nogueira, (em frente ao TRE)
– Vermelha – Av. Barão de Gurguéia, Praça Nossa Sra. de Lourdes
– Bairro de Fátima Ponte Estaiada – Av. Raul Lopes, estacionamento da Estaiada
– Morada do Sol – Av. Dom Severino com Rua Jaime da Silveira
– Ilhotas – Av. Mal. Castelo Branco, Próximo ao Blue Tree Hotel
– Mocambinho – Praça da Telemar
– Bairro de Fátima – Praça Nossa Sra.de Fátima
– Carvalho Mercadão – Av. Deputado Paulo Ferraz
– Carvalho Supermercado – Av. Barão de Gurgueia
– Parque Ambiental Lagoas do Norte
– Bela Vista I – Praça da Igreja Nossa Senhora de Nazaré
– Saci – Praça da Igreja Católica do Saci
– São Cristovão – Praça das Violetas
– Poti Velho – Parque Encontro dos Rios
– Praça da Avenida das Nações Unidas

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tags: coletalixo
Imprimir