Cidadeverde.com
Últimas

Hospitais municipais realizaram mais de 1 milhão de atendimentos de urgência em 2018

Imprimir

 Foto: PMT

A Rede de Saúde Pública Municipal de Teresina possui cinco hospitais de pequeno porte, cinco de médio porte e um de grande porte, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Em 2018, foram realizados 1.158.473 de atendimentos de urgência nos hospitais municipais, 123.098 atendimentos ambulatoriais e 47.211 internações. Um total de 1.328.782 atendimentos ao todo.

Somente no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) foram realizados 46.535 atendimentos de urgência e 19.916 internações. O HUT faz atendimento de urgência e emergência 24 horas. É o hospital referência em média e alta complexidade em Traumatologia e Ortopedia e Neurologia. A unidade oferece acolhimento com Classificação de Risco, atendimento de urgências em trauma por acidente de moto, carro, ferimento por arma de fogo e branca, AVC, infarto, cirurgias de urgências, urgências oftalmológicas, urgências em otorrinolaringologia, queimados e UTI adulto e pediátrico.

Na área de diagnóstico, o HUT dispõe de laboratório de análises clínicas para realização de exames de urgência, laboratório de anatomia patológica com sala para necropsia e clínica de hemodiálise com capacidade para três pacientes realizarem diálise, simultaneamente. Exclusiva para pacientes internados existem ainda as salas para Raio-x contrastado, sala para Raio X, Ultrassonografia com Dopller, Ecocardiograma e Tomografia computadorizada.

A rede pública municipal tem ainda as unidades hospitalares Mariano Castelo Branco, Monte Castelo, Oséas Sampaio, Parque Piauí, Primavera, Satélite, Dirceu II, Wall Ferraz, Promorar e Buenos Aires. Essas unidades totalizaram este ano 1.111.938 atendimentos de urgência.

Para o presidente da Fundação Municipal de Sáude, Charles da Silveira, “esses dados apresentados auxiliam na definição de prioridades e na tomada de decisões da gestão. É importante enfatizar também que a rede hospitalar conta com todo aparato tecnológico e profissional para oferecer um serviço de qualidade aos usuários. No ano de 2019 os nossos esforços estarão voltados para aperfeiçoar ainda mais o sistema de saúde”, reforça o presidente da FMS.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

 

Imprimir