Cidadeverde.com
Esporte

Santos anuncia contratação do técnico Jorge Sampaoli

Imprimir

Reprodução/Twitter/Santos F.C.

O Santos anunciou a contratação do técnico argentino Jorge Sampaoli. O anúncio foi realizado nesta segunda-feira, um dia depois da chegada do treinador ao Brasil, que foi marcado por festa de torcedores no aeroporto de Cumbica. O acordo é válido por duas temporadas.

O Santos também confirmou a apresentação oficial de Sampaoli para esta terça-feira, às 14h (de Brasília), no Museu do Futebol, no Pacaembu. O clube paulista abriu mão da Vila Belmiro pois acredita que a cobertura da mídia será maior em São Paulo.

Sampaoli não assinou o contrato enquanto o seu advogado, Fernando Baredes, não desembarcou no Brasil. A decisão do treinador gerou especulações entre torcedores e, principalmente, oposicionistas do clube de que o acordo poderia "melar". A diretoria santista, por sua vez, sempre se mostrou confiantes no bastidores em relação ao acerto com o técnico que comandou Messi e companhia na última Copa do Mundo, na Rússia.

No entanto, como o "homem de confiança" do argentino estava em Miami-EUA, o acordo demorou mais de 24 horas para ser anunciado desde a chegada de Sampaoli ao Brasil, no último domingo.

Na última quinta-feira, o clube alvinegro já havia confirmado que as partes tinham um acerto verbal. Diante desse cenário, Sampaoli viajou para conversar sobre os últimos detalhes e também assinar o contrato.

O treinador argentino receberá cerca de 166 mil dólares (R$ 644 mil) por mês, mas o valor pode chegar a R$ 1 milhão mensais com a inclusão dos integrantes da comissão técnica -além de dois auxiliares e um preparador físico, Sampaoli pretende reforçar bastante o departamento de análise e desempenho do Santos.

Sampaoli está sem clube desde o desligamento da seleção argentina, em julho deste ano. A diretoria santista, que tentou a contratação de Abel Braga, passou a colocar o técnico como "plano A" após descobrir que o argentino custava praticamente o mesmo valor de Arial Holan, técnico do Independiente.

Antes de chegar ao Brasil, o treinador já conversou com a diretoria santista sobre o elenco. Por telefone, ele pediu para o clube não negociar nenhum jogador antes de sua avaliação.

Sampaoli mostrou conhecimento em relação a alguns atletas, a maioria deles estrangeiros. Ele elogiou bastante o paraguaio Derlis González, que já coleciona convocações para a seleção de seu país e está emprestado ao Santos -ele pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

O treinador argentino será o substituto de Cuca, que tinha contrato com o Santos até o fim de 2019, mas deixou o clube por causa de problemas de saúde. No ano que vem, a equipe santista disputará o Campeonato Paulista, o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

Imprimir