Cidadeverde.com
Política

PSL do Piauí entra com ação de impugnação de mandato contra o governador

Imprimir

O Partido Social Liberal (PSL) do Piauí ingressou com uma ação de impugnação de mandato eletivo contra o governador Wellington Dias (PT). Segundo o presidente do partido, Fábio Sérvio, a ação se deve a denúncia da contratação de influenciadores de digitais no twitter durante o período eleitoral. 

De acordo com a denúncia, os influenciadores supostamente contratados teriam sido pagos para tecerem elogios à administração do governador. 

“É uma ação do PSL. Entramos como partido e como candidato na eleição de outubro. Ela recai sobre a diplomação. É diferente de uma ação de investigação eleitoral que tem um prazo mais elástico. Prazo relacionado à própria diplomação.Corre em segredo de Justiça e não posso falar muito. São várias denúncias de abuso de poder. Tem a questão do twitter, mas também a nível local que envolve a Caixa Econômica Federal. Temos esperança na Justiça. O Piauí todo foi testemunha desse abuso de Poder econômico”, afirmou.

Também esta semana, outros nomes da oposição como o ex-governador, Wilson Martins (PSB), e o deputado, Luciano Nunes (PSDB), anunciaram que ingressaram com outra ação contra o governador Wellington Dias. Eles também denunciam o suposto  uso da máquina administrativa na disputa eleitoral. 

A assessoria do governador Wellington Dias foi procurada para comentar a ação. Porém, até o momento da publicação da matéria uma resposta não foi divulgada. 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir