Cidadeverde.com
Geral

PRF registra mortes e 1.314 autuações por excesso de velocidade nas estradas do Piauí

Imprimir


Foto: Agência PRF

A operação de final de ano da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Piauí já registrou cinco acidentes graves com três mortes nas estradas do Piauí. Segundo o inspetor Danilo Teive, os casos de imprudência dos motoristas chamam a atenção.

A Polícia Rodoviária Federal iniciou a operação no dia 28 de dezembro e até agora, além das mortes, já registrou 1.314 autuações de motoristas por excesso de velocidade. O total de 440 motoristas realizou ultrapassagens perigosas e 26 foram autuados por alcoolemia.  

“Os números mostram que a imprudência do motorista ainda é a principal responsável pelos acidentes nas estradas. No final do ano passado registramos duas mortes. Neste ano, já registramos três e lembramos que a operação vai até o final do dia 1º de janeiro”, disse.

O inspetor Danilo Teive chama atenção também dos motociclistas. “Já autuamos 253 motociclistas andando sem capacete. Sem o equipamento de segurança obrigatório. Uma das mortes ocorreu na região de Paulistana, quando um homem embriagado colidiu com um poste na BR-407 e morreu. Ele conduzia a motocicleta sem capacete”, afirmou.

Uma das mortes foi registrada no Km 441 da BR-407 na zona rural do município de Geminiano. Um homem considerado um “andarilho” morreu após ser atropelado por um carro. A vítima ainda não foi identificada.

O outro acidente ocorreu na cidade de Altos. Uma mulher fugia de um assalto. A vítima invadiu a pista contrária e colidiu com outro veículo.

O inspetor pede prudência aos motoristas. “É importante lembrar que para que todos cheguem bem aos seus destinos é preciso ter prudência e respeitar a leis de trânsito”, destacou.

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir