Cidadeverde.com
Geral

Programa Família Acolhedora inaugura nova sede em Teresina

Imprimir

O “Família Acolhedora” inaugura a sua nova sede na próxima sexta-feira (25). O programa passa a funcionar no prédio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). O serviço deixa seu antigo endereço, na zona Leste da capital, e inicia os trabalhos na secretaria, que fica na Rua Álvaro Mendes, 861, no Centro de Teresina. A nova sede é mais central, para facilitar o acesso ao programa, além de tornar as informações mais acessíveis para a população em geral. O evento inaugural terá a presença de representantes da Semcaspi, coordenadores e a equipe técnica.

O “Família Acolhedora” é uma ação de acolhimento temporária que pode se tornar permanente. A criança contemplada, que pode ter de 13 a 18 anos, é transferida a uma família cadastrada que, durante a estadia, é acompanhada por uma equipe técnica. Enquanto isso, os responsáveis de origem passam por uma série de ações socioassistenciais, realizada por uma equipe formada por assistentes sociais e psicólogos, com o objetivo de promover a reintegração adequada da criança acolhida, que realiza visitas ocasionais durante o atendimento. Por motivos de segurança, a família acolhedora tem seu anonimato garantido.

O serviço é ofertado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Semcaspi, e oferece bolsa-auxílio às famílias interessadas em receber uma criança. A bolsa é de R$ 500 (ou R$750, caso a criança possua alguma necessidade especial) e deve ser utilizada para o custeamento do bem-estar do acolhido. “É uma grande e bela missão de acolher nossas crianças e adolescentes. Partilhando cuidado, o atendimento é temporário, mas o amor é pra vida toda” convida Lorenna Batista, gerente executiva do “Família Acolhedora” em Teresina.

“O ‘Família Acolhedora’ é um programa importante na medida em que fortalece a política de proteção à criança e ao adolescente. A criança contemplada pelo projeto não fica limitada ao atendimento institucional e se mantém vivo um convívio familiar, um vínculo solidário”, destaca o Secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Os interessados em fazer parte da ação solidária podem entrar em contato pelo telefone (86) 3234-1652 e agendar uma entrevista com a equipe técnica. Entre os principais critérios, estão: residir em Teresina, ser maior de idade (com 21 anos ou mais), ter disponibilidade afetiva para cuidar de crianças ou adolescentes, não apresentar problemas psiquiátricos, não ser dependente de substâncias psicoativas e não responder a processo judicial.

Além do telefone, o Família Solidária também pode ser alcançado pelas redes sociais, no Instagram @familiaacolhedora1 e no site da Semcaspi: semcaspi.teresina.pi.gov.br

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir