Cidadeverde.com
Viver Bem

Ortorexia: obsessão por alimentos saudáveis também é doença

Imprimir

Foto: PIxabay/ fotos gratis

Quando se fala da importância da alimentação para uma vida saudável, um adjetivo sempre costuma acompanhar a palavra dieta: balanceada. Pois a obsessão com comportamentos saudáveis pode causar grandes danos à saúde. No caso da alimentação, provoca uma doença chamada

A pessoa com essa enfermidade apresenta uma obsessão em comer apenas alimentos muito saudáveis Como consequência disso, preocupa-se muito com os rótulos dos alimentos em busca de componentes de alto valor nutricional, muitas vezes não realizando a variedade alimentar. Com isso, a pessoa perde peso de forma rápida e acaba tendo uma dieta restrita.

Existe ainda uma excessiva preocupação em como a comida foi preparada e, em certas ocasiões, a limitação em comer o alimento não preparado por ela mesma.

Problemas

Esta atitude alimentar provoca vários distúrbios físicos quando não se consegue a substituição dos alimentos considerados por ele não naturais por outros que complementem os índices proteicos de que ele venha a carecer. A consequência será uma anemia ou uma avitaminose, decorrente da deficiência de vitaminas no organismo.

Tratamento

É comum a ortorexia ser diagnosticada já em níveis avançados, porque é difícil constatar o problema fisicamente. A princípio, é relacionada apenas aos hábitos saudáveis.  Para o diagnóstico, é essencial que parentes e pessoas próximas fiquem atentos aos comportamentos do ortoréxico.

O tratamento deve ser multidisciplinar, composto por nutricionista e, principalmente, psicólogo, que poderá identificar os fatores que desencadearam a doença e ajudar a controlá-la. Por ser um problema que envolve questões emocionais e psicológicas do paciente e das pessoas que o cercam, também é fundamental o apoio de familiares e amigos durante o processo.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Imprimir