Cidadeverde.com
Últimas

Temporal causa estragos e força das águas assusta moradores no Piauí

Imprimir

Atualizada às 7h44

A chuva que caiu nesta quinta-feira (21) causou estragos em Teresina, principalmente na zona Sul.  A força da água chegou a arrastar veículos e alagar ruas.  Alguns pontos na cidade ficaram sem energia elétrica. Os problemas em decorrência da chuva também foram vistos no interior do Estado, como em Parnaíba que, nesta sexta, amanheceu com chuva. E a previsão é de mais chuvas para todo o Piauí.

Populares divulgaram vídeos do bairro Promorar. Um motociclista tentava “salvar” a moto quase levada pela enxurrada e teve ajuda de outros moradores. No vídeo, alguém pede para as pessoas não enfrentarem a força da água.

Até o momento, não há informações de mortes, feridos ou desaparecidos. Automóveis ficaram parados nas ruas com a suspeita da água ter entrado no motor.

A Avenida Frei Serafim, uma das principais da cidade, registrou pontos de alagamento. O cruzamento com a Rua Santa Catarina foi um dos mais prejudicados. Na Avenida Henry Wall de Carvalho, no bairro Areias, muitos veículos ficaram ilhados em um estacionamento de uma cervejaria.

Foto: Reprodução Whatsapp

Estacionamento de uma cervejaria

A consultora de beleza, Auriane Lopes, estava com a mãe no carro quando foi surpreendida. Ela disse que viveu momentos de terror com a água entrando no veículo.“Eu estava saindo da minha casa para ir a Igreja quando, de repente, o carro parou e encheu de água, sem eu poder sair. Simplesmente, encheu de água. Não tinha muito o que fazer. Foi horrível”.

O professor de climatologia Werton Costa destacou que não há pluviômetros na zona Sul de Teresina para identificar com precisão os milímetros de chuva. Ele ressaltou por volta das 23 horas de ontem, que ainda são poucas as informações porque muitos relatórios serão divulgados na manhã desta sexta.

Werton costa adiantou ao Cidadeverde.com que na Zona Norte não chegou a 26 mm, na região Sudeste pouco mais de 15 mm e na Estadão Centro, que teve a chuva mais significativa, com 42 mm.

“Por isso, a gente coloca que essa chuva foi mais concentrada na zona Sul pelas imagens,  pela quantidade de água acumulada.  Tudo indica que não foi tanta chuva assim. Foi, na verdade, o fato de ser mais concentrado em um pequeno espaço de tempo em um local impermeabilizado, uma área já sujeito a alagamentos e o resultado é esse: grande transtorno para a população”. 

Foto: compartilhada nas rede sociais/autoriadesconhecida

Força das águas no Promorar 


Parnaíba

Werton Costa ressaltou que em 24 horas choveu o previsto para um mês inteiro em Parnaíba.  E o major Rivelino, do Corpo de Bombeiros de Parnaíba, relatou que foram cerca de 250 mm de chuva. “A cidade como um todo foi atingida, mesmo as partes mais altas. Foi inundada. Começamos a calcular os dados agora porque a noite foi só de resgate”.

Foram quatro equipes trabalhando durante a noite junto com a Defesa Civil. Parnaíba continua chovendo nesta (22), mas está mais calma. Um decreto de emergência foi recomendado. “Infelizmente, a previsão para cá é de chuva com tempestade. Outros municípios (da região) foram atingidos, mas Parnaíba foi mais grave”.  O major ressaltou que equipes do Corpo de Bombeiros de outras localidades estão sendo enviadas para dar apoio no município.
 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Tags: chuvaagua
Imprimir