Cidadeverde.com
Esporte

Mudanças no futebol riverino para a Série D do Brasileiro

Imprimir

O River Atlético Clube realizou uma ótima campanha para conquistar com todos os méritos o título de campeão piauiense de 2019. A torcida ainda está entusiasmada e fala que  "o campeão voltou". A próxima jornada está logo aí. 

Foto - River AC

É a Série D do Campeonato Brasileiro e o velho sonho de conseguir promoção para a Série C.

A tarefa é difícil. No caminho tricolor estarão Floresta do Ceará, Bragantino do Pará e Santa Cruz do Rio Grande do Norte. Não são adversários do mesmo nível de Ceará, Fortaleza, Paysandu, Clube do Remo, ABC e América nos seus respectivos estados, mas têm credenciais para uma disputa equilibrada com os demais concorrentes. 

É bom lembrar mais uma vez que Ferroviário de Fortaleza, Globo do Rio Grande do Norte e Imperatriz do Maranhão sairam da Série D para a C em 2018. Altos, como campeão piauiense, não conseguiu.

Terminadas as comemorações pelo título piauiense, o River ficou sem a comissão técnica. O técnico Flávio Araújo e seus companheiros pegaram o caminho da Paraíba e foram para o XIII de Campina Grande. 

O mesmo destino para Eduardo. O experiente jogador, artilheiro do Campeonato Piauiense e peça importante no desempenho riverino para o êxito no estadual, foi integrar o novo time de Flávio Araújo. 

O lateral esquerdo Biro Biro, outro destaque no campeão piauiense, anunciou que estava deixando o tricolor mas mudou de idéia. Erivelton também não ficará. Este não foi titular da equipe, mas entrava no decorrer dos jogos e sempre com bom aproveitamento.

Os jogadores que estão chegando não são conhecidos. Vão ter que comprovar sua capacidade técnica em plena competição nacional. O técnico  Marcinho Gurreiro, substituto de Flávio Araújo, mandará a campo no dia 5 de maio diante do Bragantino do Pará um time diferente daquele que vençeu Altos por 3 x 0 na final piauiense.

Como há tempo e adversários para experiências, somente vamos conhecer o novo time riverino na batalha com os paraenses no Albertão.

Dídimo de Castro
didimodecastro@cidadeverde.com

Imprimir